O PMDB confirmou, na tarde de sexta (14), que terá o senador Clésio Andrade como candidato ao governo de Minas em outubro, tendo como companheiro de chapa na disputa pelo Senado o empresário Josué Gomes da Silva, filho do ex-vice-presidente José Alencar. Em reunião na sede do partido, o senador Clésio Andrade fez o convite a Josué, que foi prontamente aceito, dizendo que “se o partido o indicar ao Senado na convenção, aceitarei com muito entusiasmo”.

Todas as lideranças presentes ao encontro reforçaram a necessidade de o PMDB ter candidato próprio ao Palácio Tiradentes, retomando assim o papel de protagonista na cena política mineira. Em pesquisa realizada entre os delegados estaduais do partido, 86% se declararam favoráveis à candidatura própria, sendo esse o sentimento dos peemedebistas mineiros.

O senador Clésio Andrade ressaltou que Minas precisa de uma transformação total e que “só o PMDB tem condições de comandar esse processo, pela sua força, resgatando os investimentos que fugiram do estado e o respeito por Minas”. Segundo o senador, suas prioridades serão nas áreas de infraestrutura, educação, saúde e segurança.

O presidente do PMDB mineiro, deputado Saraiva Felipe, declarou que a candidatura própria é a única capaz de revitalizar o PMDB. “Chegou a hora de deixarmos de ser apenas um acessório de outros partidos”, afirmou. Também o deputado Leonardo Quintão reforçou o apoio à pré-candidatura do senador Clésio Andrade.

Várias lideranças do PMDB estiveram presentes ao encontro, como Zaire Rezende, Armando Costa, ex-deputados Luiz Alberto e Marcos Lima, vereador Iran Barbosa, prefeito de Matozinhos Antônio Divino, entre outros. (Fonte: Site Senador Clésio Andrade)

COMPARTILHAR

Comentários