A Polícia Civil já identificou o motorista que provocou um acidente na noite do dia 11 de novembro, na rodovia MG 167, entre Três Pontas e Varginha. As investigações foram realizadas de acordo com denúncia anônima que apontou a caminhonete Hillux e o motorista que segundo uma das vítimas estaria com sinais de embriaguez e foi embora do local antes da chegada da Polícia Rodoviária Estadual.

Giovana Lima de Sousa de 10 anos, que estava em um dos carros, ficou presa nas ferragens, foi socorrida em estado grave para o Hospital Bom Pastor em Varginha, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na noite do dia 26 de novembro. A menina morava em Varginha, mas o sepultamento foi realizado em Três Pontas.

Testemunhas que estavam no local viram o autor, porém, ainda não foi feito o reconhecimento fotográfico. O rapaz que reside em Três Pontas, não prestou ainda depoimento, mas esteve na Delegacia de Polícia Civil acompanhado de seu advogado, esclareceu o fato e assumiu seu envolvimento. O acusado responderá em liberdade e o inquérito ainda não foi concluído. O veículo dele foi apreendido.

O acidente

O carro em que ela estava foi atingido na traseira, o motorista perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária e foi atingido novamente por um Voyage que trafegava na pista contrária, nas proximidades da entrada do Condomínio Serra Verde.

COMPARTILHAR

Comentários