A Polícia Militar montou as pressas no início da manhã desta segunda-feira (13), uma mega operação para prender Ramon de Souza, o Ramonzinho de 31 anos, que é o bandido mais procurado da região, acusado de cometer assaltos e fazer reféns.

As 7:00 da manhã, uma guarnição deparou com o bandido na BR 265 em Santana da Vargem em um Pálio que havia sido roubado em Carmópolis de Minas. Ao ver os militares, eles abandonaram o veículo as margens da rodovia e fugiram a pé por um cafezal. Na fuga trocaram tiros com a polícia e ainda estão sendo procurado. Em questão de minutos, toda a região foi cercada pela polícia e os acessos a Santana da Vargem fechados.

O helicóptero Pegasus da PM de Belo Horizonte também ajuda nas buscas. Militares do 24º Batalhão de Varginha, com apoio do Canil, de Três Pontas, Boa Esperança, Campos Gerais, Coqueiral, Nepomuceno, Campo Belo, Lavras e policiais da Polícia Militar Rodoviária Estadual estão a procura de Ramonzinho e seus comparsas.

Nas rodovias, todos os motoristas tem os veículos averiguados. Os ônibus também estão sendo parados. A suspeita é que eles ainda estejam na zona rural de Santana da Vargem. Um deles estaria vestindo camiseta de cor preta e o outro do Cruzeiro. Qualquer informação pode ser repassada a PM através do 190. Não é preciso se identificar.

 

Crimes estão provocando pavor na região

A Polícia tem se esforçado para prender esta quadrilha que tem grande habilidade e tem atuado em diversas cidades da região. A cada dia eles agem em municípios diferente, mas a área de abrangência é cada vez maior. Em poucos dias, eles foram em Areado, Carmo do Rio Claro, Carmo da Cachoeira, Ilicínea, Campo Belo, Boa Esperança, Lavras, Santana da Vargem e Três Pontas.

 

Na cidade de Carmo da Cachoeira, no dia 1º de fevereiro, a quadrilha assaltou um posto de combustíveis, levou dois dos frentistas que foram abandonados na zona rural de Coqueiral e na Fernão Dias.

Outra vítima foi o vereador e presidente da Câmara de Santana da Vargem Expedito Alves de Oliveira (PSD), abordado chegando em casa na BR 265 na zona rural e abandonado cerca de duas horas depois em uma fazenda em Carmo da Cachoeira, na noite de terça-feira (07). O carro dele foi levado.

Neste sábado (11), Ramonzinho se passou por trabalhador rural e em Aguanil, próximo ao Povoado dos Pimentas, fez sinal de parada a um comerciante perguntando sobre uma fazenda. Ele acabou sendo rendido por Ramonzinho que estava com duas armas e assalto. A vítima foi levada até a Comunidade do Boticão onde foi deixada pouco tempo depois.

COMPARTILHAR

Comentários