A Polícia Militar prendeu na manhã desta terça-feira (14), um velho conhecido da polícia, acusado de arrombar um caminhão no bairro Vila Marilena para furtar.

A vítima é um motorista de 50 anos que estava indignado com a ação do suspeito. André Henrique Campos de 35 anos, conhecido por Dequinha, teria arrombado o caminhão, um Mercedes 1316 que estava estacionado na porta da casa do dono, na Rua Maria Caetana e levado o tacógrafo, o som, extintor, dois auto falantes e até um par de chinelos.

Quando a PM deslocava para atender a ocorrência, já encontrou com Dequinha que é conhecido no meio policial, carregando um saco. Quando viu a viatura saiu correndo, mas não conseguiu fugir. No saco estavam os materiais que haviam sido furtados do caminhão.

Ele foi preso e no Quartel mais uma vez e começou a chorar. Inicialmente negou que seria ele o ladrão, mas depois abriu o jogo. Muito irritado com o ocorrido, o motorista que trabalha na colheita do café contabilizava o prejuízo dos danos no veículo e de não poder trabalhar sem o tacógrafo. Um novo aparelho custa cerca de R$1,6 mil. Dequinha que já tem passagens por furto, uso e tráfico de drogas, já cumpriu pena no Presídio de Três Pontas, foi preso novamente e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

COMPARTILHAR

Comentários