As imagens do circuito interno de segurança da Igreja Matriz Nossa Senhora D’Ajuda, no Centro de Três Pontas, foi fundamental para que a Polícia Militar encontrasse a mulher que furtou a bolsa de uma professora durante a manhã desta terça-feira (1º).

Tamiris de Fátima Pires de 22 anos, tinha acabado de ser aprovada na prova prática de legislação e foi até a igreja agradecer. Ela se assentou em um dos bancos em frente ao Sacrário, colocou a bolsa do lado. Foi ai que Geruza Isabel de Souza de 52 anos se aproveitou do descuido e furtou a bolsa da moça.

As imagens mostram que ela chega por traz, tenta pegar a bolsa mas desiste. O que chama a atenção é que em seguida, ela faz o sinal da cruz, volta, pega a bolsa sem que a moça perceba e sai andando tranquilamente. Na bolsa havia um aparelho e  R$300 em dinheiro.

Quando termina as orações, ela percebe que havia sido vítima de furto. Tamiris procura a Sacristia, depois o Escritório Paroquial, assiste as imagens que mostram a ação, mesmo assim custa acreditar que este tipo de crime fosse cometido dentro da Igreja.

As equipes de serviço da Polícia Militar fizeram um rastreamento durante todo o dia e já se passava das 22:00 horas quando a suspeita foi presa. Gerusa estava em casa, no bairro Jardim das Esmeraldas. Os militares chegaram até ela, após os próprios familiares virem a mulher. Geruza permaneceu sempre em silêncio, entregou R$170 e o aparelho. Ela foi encaminhada ao Quartel da PM.

A moça aproveita para deixar uma dica. Que as pessoas fiquem atentas mesmo dentro do templo e não se descuidem de bolsa, celulares ou outros objetos.

Esta não é a primeira vez que Geruza é presa acusada de furtos. O vídeo está circulando pelas redes sociais.

COMPARTILHAR

Comentários