Imagem do circuito de segurança mostra o estelionatário a vontade conversando com a funcionária

Um comerciante está revoltado com a ação de um estelionatário que agiu em seu estabelecimento, localizado na Rua Coronel Domingos Monteiro de Rezende, bem no Centro de Três Pontas.

O caso foi em uma sorveteria, por volta das 21 horas desta segunda-feira (04).

De acordo com a Polícia Militar, a funcionária estava trabalhando, quando o rapaz, baixo, gordo, de estatura media, usando camiseta vermelha, se passou por um vendedor, foi muito educado e não levantou suspeitas.

Ao chegar, perguntou onde estaria o dono da sorveteria. Ele precisava tratar sobre a venda de um extintor de incêndio que o dono havia encomendado. Como a moça disse que o patrão não estava, o rapaz disse que precisava falar com o proprietário. A funcionária passou então o número do celular do patrão e o estelionatário fingiu falar com o comerciante. Um cliente chegou e acabou tirando a sua atenção.

Após fingir desligar, ele teria dito que estaria tudo certo e que precisaria receber o preço do extintor – R$121. Sem saber de nada, ela pagou, recebeu uma notinha no valor quitado. O estelionatário deixou o equipamento e foi embora.

Imagem do circuito de segurança mostra o estelionatário a vontade conversando com a funcionária
PROCURADO – Imagem do circuito de segurança mostra o estelionatário a vontade no balcão, conversando com a funcionária

Somente na manhã desta terça-feira (05), ao falar com o nota 1patrão, é que ela soube que havia sido vítima de um estelionatário.

A Polícia Militar registrou um boletim de ocorrências e vai usar as imagens do circuito interno de segurança para identificar e prender o suspeito. Até a publicação ninguém havia sido preso.

Apesar de estar se tornando habitual esta forma de agir, casos como este vem registrados com frequência em várias localidades. Qualquer informação ou denúncia pode ser à PM através do 190.

COMPARTILHAR

Comentários