Imagens: circuito de segurança

 

A Polícia Militar procura por um senhor que aplicou o Golpe do Troco, em uma mercearia no bairro Jardim Boa Vista, em Três Pontas no início da tarde desta quarta-feira (21). O suspeito não levanta suspeita, mas aparenta ter experiência no crime.

As câmeras do circuito de segurança registraram toda a ação no comércio que fica na Rua José Caxambu. O homem para de carro alguns instantes na porta do estabelecimento, estaciona mais a frente e desce a pé. Ele é gordo, aproximadamente 1,70 de altura, branco e de cabelos grisalhos, trajando camisa social cor preta. Ele entra e vai direto ao caixa onde compra dois maços de cigarros e paga com uma nota de R$100. A câmera que está acima do caixa mostra que ele tinha apenas esta quantia.

A primeira compra e a primeira vez que ele entrega os R$100

Ele paga e a funcionária lhe devolve R$85 em notas trocadas. A partir daí o senhor começa a agir. Ali mesmo, ele solicita mais dois maços de cigarros, paga e diz a atendente que havia pago com uma nota de R$100. Ele simula que quer facilitar o troco e ela devolve a mesma nota. O criminoso faz o mesmo, por pelo menos mais quatro vezes, comprando vários maços de cigarros e um baralho. A todo momento o suspeito conversava muito, para tirar a atenção da vítima. A moça não percebe o golpe e que o dinheiro do caixa está desaparecendo. Em um determinado momento, outra funcionária da mercearia se aproxima e ele pede que ela pegue uma palha de aço para ele. Enquanto ela vai até o final do corredor ele aproveita para agir novamente. Ele só muda de lugar, saindo da lateral e ficando em frente ao caixa, quando uma cliente chega.

Na saída o homem sai tranquilamente, mas aperta o passo para chegar até o veículo. Só quando a funcionária foi fazer um pagamento é que ela percebeu que havia caído em um golpe. O criminoso conseguiu levar R$106 em mercadorias – 10 maços de cigarros, dois baralhos, um pacote de palha de aço e cerca de R$400 em dinheiro.

A Polícia Militar foi chamada e faz rastreamento. A suspeita é de que o criminoso não seja de Três Pontas.

O criminoso para de carro por alguns segundos na porta da mercearia na Rua José Caxambu
COMPARTILHAR

Comentários