*Paulinho vai cantar domingo no Pontalete na inauguração  da obra da Orla, e a dupla sertaneja no dia 17 na Mina

A Prefeitura de Três Pontas está anunciando oficialmente duas grandes atrações ainda para este ano. As negociações com artistas que foram anteriormente divulgados não deram certo, mas dois shows foram fechados e serão de graça.

O primeiro deles será para inaugurar a obra da Orla do Distrito do Pontalete, já neste domingo (11). A solenidade de inauguração está prevista para as 17 horas. O cerimonial paulinho-veroneziserá rápido e vai contar um pouco das dificuldades que a atual Administração enfrentou para concluir a revitalização do local que foi iniciada na gestão da ex-prefeita Luciana Ferreira Mendonça. Meia hora depois, Paulinho Veronezi (foto) na própria orla do Lago de Furnas, apresentará com sua banda o show DEZ. O artista se caracteriza e dubla vários artistas, entre eles Roberto Carlos, Raul Seixas e Tim Maia.

O local ganhou quiosques, iluminação e um calçadão. O investimento foi de mais de R$2 milhões que vieram do Governo Federal. Desde que ficou pronta, o movimento de trespontanos e turistas cresceu, aliado ao nível do lago que permitiu a navegação.

Pontalete 2
Foto: Arquivo/EP

Na semana seguinte, no sábado dia 17, as comemorações continuam só que no Parque Multi Uso da Mina do Padre Vitor, no bairro Vila Marilena. Desta vez, será o sertanejo universitário que vai animar os trespontanos. A dupla Maria Cecília e Rodolfo farão um show também de graça.

Fazendo um grande sucesso em todo o Brasil, a dupla cantará seus grandes sucessos “Dói só de pensar”, “Depois da Briga” “Lendas e Mistérios” e muitos outros que levaram a dupla ao sucesso. Porém, no repertório há também canções do passado como “Ainda Ontem Chorei de Saudades” e “Evidências”. A festa começa as 20 horas, com a banda trespontana Pipoca Rock, formada por músicos que frequentam o Sarau no Quintal da Casa da Cultura. Os encontros realizados mensalmente na sede da Secretaria, revelaram grandes artistas, uniram vozes e mostrou que Três Pontas tinha muita gente no anonimato.

COMPARTILHAR

Comentários