*Contribuinte pode pagar até 31 de maio sem juros a cota única ou a primeira parcela. Município tem a previsão de arrecadar R$7 milhões e 60% deste valor já foram pagos

A Prefeitura de Três Pontas prorrogou até o dia 31 de maio, o prazo para os contribuintes quitarem o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A vantagem é que assim, os proprietários de terrenos, imóveis residenciais e comerciais, podem fazer o pagamento sem multas e ainda garantir o desconto de 10%, optando pelo parcelamento em até três vezes ou pagando em cota única.

De acordo com a secretária municipal de Fazenda Giselle Oliveira GiselleAzevedo, desde que as guias foram entregues já foi recebido 60,68% do IPTU lançado, de um total de R$4.325.000,00. Além da primeira parcela ou do pagamento da cota única que vencia no dia 10 de maio e foi transferida para o dia 31, através de um Decreto, as outras datas para quem dividir em três vezes, é 10 de junho e 10 de julho.

De 2015 para este ano, houve um aumento na previsão de arrecadação de 13,50% com o imposto. Ano passado, a Prefeitura arrecadou R$5.232.000,00 o que corresponde a 83,32% do imposto.

A secretária de Fazenda Giselle Oliveira, orienta que quem tem impostos dos anos anteriores em aberto, pode pagar o de 2016 para aproveitar o desconto e, procurar a Secretaria para realizar o parcelamento dos já vencidos, evitando que seja levado para a Dívida Ativa do Município. Dependendo do valor é admissível que o parcelamento seja em até 24 vezes.

A receita do IPTU é livre de vinculação, ou seja, pode ser investida em qualquer área, como em obras, saúde, na educação entre outros e, a opção é do Poder Executivo. “É importante que as pessoas estejam em dia com o tributo porque, além de evitar multas e ficar em situação regular, contribuem com o desenvolvimento da cidade,” pontuou a secretária.

(Foto: Mariliz Castro)

COMPARTILHAR

Comentários