Donos de propriedades em torno do Córrego Custodinho foram chamados para fortalecerem o projeto de recuperação e conservação da micro bacia, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae).

O objetivo é minimizar os impactos ambientais, principalmente neste período de seca, quando os reservatórios praticamente secam e os efeitos estão sendo sentidos por toda cidade. E é o que tem acontecido com o Custodinho, que abastece boa parte do município.

A reunião foi promovida nesta quinta-feira (21), no Dia da Árvore. O projeto existe desde 2009, depois que foram detectadas degradação ambiental em algumas áreas do curso d’água do Custodinho. Com a chegada das chuvas, a expectativa é plantar mais mudas de espécies nativas neste manancial.

COMPARTILHAR

Comentários