O governador de Minas, Fernando Pimentel, decretou nesta terça-feira (06), a desapropriação do trecho da rodovia MG-167, entre Santana da Vargem e Boa Esperança. O trevo será reformulado, com a construção de uma rotatória para diminuir os constantes acidentes ocorridos no local conhecido como: “Trevo da Morte”.

A notícia é comemorada por autoridades e principalmente por milhares de motoristas que passam todos os dias pelo entroncamento da BR 265 com a MG 167. São inúmeros os registros de caminhões que tombaram no trevo, acidentes com veículos de pequeno e grande porte, colisões e atropelamentos. Mas em muitos registros, a imprudência dos condutores foi crucial, conforme apontou dados da Polícia Militar Rodoviária Estadual.

Um dos mais recentes e mais graves, causou a morte do vereador José Noel Gouvea “Nelico” em outubro de 2013. Ele foi atropelado por um ônibus intermunicipal, quando atravessava a pista da BR 265. O vereador morava em um sítio, as margens da rodovia federal e por muitas vezes ajudou a socorrer e amparar as vítimas dos acidentes.

A área total estimada para a desapropriação é de 5.258,08 m². O Departamento de Estradas e Rodagem (DER), tem um projeto desenvolvido e informa que as obras já serão iniciadas no início do próximo ano. Segundo o Departamento, após esta fase de declaração de utilidade pública para desapropriação do trecho, será construída uma nova rotatória.

A reformulação do trevo é uma solicitação constante e antiga da população das cidades de Santana da Vargem e de municípios vizinhos. Em uma série de reportagens exibidas pela EPTV Sul de Minas, o trevo foi destaque como um dos piores da região do Sul de Minas.

Em agosto de 2013, uma Audiência Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), levou ao Poder Legislativo de Santana da Vargem, diversos deputados, integrantes da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas e autoridades federais para tratar sobre a mudança no traçado da pista.

A prefeitura depois, chegou a instalar faixas alertando motoristas. O DER construiu alguns sonorizadores e instalou mais algumas placas, mas isto não adiantou.

Publicação feita no Diário Oficial do Estado
Publicação feita no Diário Oficial do Estado
COMPARTILHAR

Comentários