A Polícia Civil de Boa Esperança, divulgou por volta das 11 horas da manhã, a prisão de Ramon de Souza “Ramonzinho” de 31 anos. Ele estava na casa de uma tia no bairro Maringá, quando foi levado para a Delegacia de Polícia.

A PC informou que Ramonzinho não se entregou mas foi preso, após dois comparsas que pertencem a quadrilha dele, serem encontrados durante a madrugada desta terça-feira (21) escondidos em um hotel. Deivid Lopes Corrêa “Deivinho” de 22 anos e Alex Júnior Machado de 23 anos, conhecido por Lequinho (foto abaixo). Eles estão presos em Varginha e ambos possuem extensa ficha criminal.

Familiares dele que moram no bairro Nossa Senhora Aparecida, disseram à imprensa que fazia muito tempo que não viam Ramonzinho e que ele não ouvia os conselhos para sair do mundo do crime. Ao chegar na Delegacia, o rapaz aparentava estar tranquilo e chegou a sorrir. Ele era o criminoso mais procurado pela Polícia de Minas Gerais.

Ele é responsável por mais de 10 crimes na região do Sul de Minas e Centro Oeste, a
maioria assaltos seguidos de sequestros, desde o dia 02 de fevereiro e a forma de agir era sempre parecida. O que preocupava a polícia, é que além de assaltar e levar os veículos, eles levavam as vítimas, as obrigavam a retirar dinheiro em agências bancárias, percorriam em alta velocidade as estradas da zona rural e não se intimidavam em trocar tiros com a Polícia Militar.

Uma das vítimas foi o presidente da Câmara Municipal de Santana da Vargem, Expedito Alves de Oliveira “Dito” (PSD), que foi levado quando estacionou seu carro na BR 265, entre Santana da Vargem e Coqueiral, no dia 07 de fevereiro. Ele tinha acabado de participar da reunião e estava chegando em casa quando parou no acostamento para conversar com um primo e foi rendido. Ramonzinho e seus dois comparsas levaram o vereador com eles no carro da vítima, um Ônix branco. Ele só foi libertado apenas de cueca, cerca de duas horas depois na zona rural de Carmo da Cachoeira.

Na última ação dele no dia 13 de fevereiro, ao deparar com uma viatura da PM de Três Pontas, em Santana da Vargem, diversas equipes do 24º Batalhão de Policia Militar de Varginha, o Canil, equipe Tática, efetivo de Três Pontas, Boa Esperança, Campos Gerais, Coqueiral, Nepomuceno, Campo Belo e Lavras além de viaturas da Polícia Militar Rodoviária Estadual fizeram o cerco com apoio até do helicóptero Pégasus da Polícia Militar de Belo Horizonte, mesmo assim o criminoso conseguir escapar por um cafezal, depois de uma troca de tiros. Ele tinha roubado o carro de um casal em Carmópolis de Minas no dia anterior, foi surpreendido pela polícia e abandonou o veículo.

 

COMPARTILHAR

Comentários