A operação montada pela Polícia Militar para prender o suspeito de um assalto, chamou a atenção de moradores na tarde desta terça-feira (28). O que foi mais curioso é que o assaltante, chamou um motoboy para levá-lo até ao estabelecimento que fica na Praça do Raul.

A Sala de Operações recebeu a informação de que um rapaz havia chegado na garupa de uma moto e armado, possivelmente com um garrucha, anunciado o assalto e levado o dinheiro do caixa – R$228 e fugido em seguida. Na fuga, as pessoas anotaram a placa da moto e repassaram à PM. As guarnições começaram primeiro a fazer os levantamentos para tentar identificar o suspeito e um motoboy compareceu no Quartel da PM, informando que havia recebido a ligação de um rapaz que solicitou uma “corrida” para ir até a uma farmácia na Avenida Brasil comprar um medicamento. O “cliente” disse que estava o aguardando no final da Rua Barão da Boa Esperança.

Depois de pegar o rapaz, o motoboy o levou até o estabelecimento, o aguardou e o levou embora. Ao descer da moto, o “cliente” levantou suspeita pois estava com o dinheiro no bolso todo amassado e não havia remédio nenhum. Só soube que o rapaz havia feito um assalto quando foi encontrado pela Polícia Militar.

Romilson Vitor é preso albergado e foi preso em casa

Durante os levantamentos, os militares identificaram Romilson Vitor de 30 anos, que é preso albergado do Presídio de Três Pontas e possui uma extensa ficha criminal. Não satisfeito, Romilson ligou novamente solicitando uma nova “corrida”.

Uma grande operação foi montada no bairro Jardim das Esmeraldas onde o suspeito mora e ele acabou preso em casa. Ele confessou o crime e disse que já havia gastado todo o dinheiro. A arma utilizada não foi encontrada.

Romilson estava com um ferimento no pé, por isto foi levado ao Pronto Atendimento Municipal (PAM), onde foi medicado e em seguida encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Romilson já foi quase “linchado”

Foto: Arquivo

Romilson foi preso em março de 2015, depois de assaltar um supermercado no bairro Aristides Vieira. Ele se passou como cliente, andou pelos corredores do estabelecimento e chegou no caixa com um fardo de cerveja em lata. Romilson anunciou o assalto para a moça do caixa e fugiu levando R$61 em dinheiro. Ele foi visto por moradores entrando em matagal que dá acesso ao bairro Morada Nova. A Polícia Militar foi chamada e prendeu o suspeito que por pouco não foi linchado por moradores. Ele tinha sido beneficiado por uma ‘saidinha’ no fim de semana em que cometeu o crime.

COMPARTILHAR

Comentários