Indefinição das características do criminoso e de qual veículo o teria dado fuga, dificulta ação da PM

As informações que a Polícia Militar recebeu foram desencontradas para tentar encontrar um rapaz que levou o dinheiro de um posto de combustível na Avenida Oswaldo Cruz, no início da noite desta terça-feira (22).

O frentista que estava no estabelecimento que fica em frente a Policlínica, informou que um homem usando blusa de moleton azul escuro e com o rosto coberto por uma camiseta e estava aparentemente com um facão, bateu em cima de uma mesa. Ao perceber que seria abordado, o frentista jogou no chão R$400 que estava em seu bolso e saiu correndo. Ao bater na mesa, uma máquina de cartão de crédito foi danificada.

Quando a PM chegou para saber do crime, o funcionário falou que o assaltante era gordo e alto, mas depois falou que o criminoso tinha 1,70 de altura e era magro.

Testemunhas informaram que viram quando o assaltante correu e entrou em um veículo Gol cinza escuro que estava estacionado em uma rua nos fundos do posto de combustível. Já o frentista falou que outra pessoa tinha visto dando fuga ao rapaz um Gol azul escuro.

A Polícia Militar faz rastreamento, mas até a publicação da reportagem ninguém havia sido identificado.

COMPARTILHAR

Comentários