Por Sergio Rezende

Como lidar com o estresse

O estresse é um componente da vida moderna e está cada dia mais presente, muitas vezes é um aliado na superação de desafios, mas cronicamente pode causar danos importantes para a saúde física e mental.

As facilidades e a agitação da vida moderna trouxeram consigo o estresse. O trânsito, a instabilidade no emprego, a violência, entre outras coisas, fazem com que recebamos doses diárias de estresse. Mas o estresse em si não é algo ruim, na verdade ele é uma importante resposta do organismo para a manutenção da vida. Temos que aprender, portanto, a lidar com ele, não permitindo que o estresse tragaconsequências danosas para a nossa saúde.

O que é o estresse?

O estresse é uma resposta do organismo frente a um perigo, que prepara o corpo para fugir ou lutar. Está presente nos animais com a finalidade de preservação da espécie, como por exemplo, para fugir de um predador. Hoje não precisamos nos defender de predadores, mas há muitas outras coisas que disparam o gatilho do estresse, que podem ser externas ou internas, agudas ou crônicas. A externas incluem condições físicas adversas (como dor, frio ou calor excessivos) e situações psicologicamente estressantes (más condições de trabalho, problemas de relacionamentos, insegurança, etc). Entre as internas estão também as condições físicas (doenças em geral) e psicológicas.

Quais os efeitos biológicos do estresse?

O estresse tem um importante papel no desempenho de atividades como competições esportivas, reuniões importantes, ou em situações de perigo, em que o estresse pode ser um importante aliado proporcionando um aumento da capacidade física, raciocínio, memória e concentração através de alterações em todo o organismo. Entretanto, se o estresse se torna persistente todo esse aparato biológico pode ser danificado.

Algumas condições podem favorecer o aparecimento dos efeitos negativos sobre o organismo:

Um acúmulo de situações persistentemente estressantes, particularmente aquelas de difícil controle, como a pressão no trabalho, um relacionamento infeliz.

Efeitos psicológicos.

Estudos sugerem que a incapacidade de se adaptar ao estresse, está associada ao início de depressão ou ansiedade. Parece que a liberação repetida do hormônio de estresse diminui a liberação de serotonina, uma substância importante para a sensação de sentimentos de bem estar. Certamente o estresse diminui a qualidade de vida reduzindo os sentimentos de prazer e realização, e os relacionamentos são frequentemente prejudicados.

Efeitos físicos.

  1. Aumento da pressão arterial;
  2. Maior risco de derrame;
  3. Maior susceptibilidade a infecções;
  4. Distúrbios gastrointestinais, como diarreia e constipação;
  5. Desordens alimentares, ganho ou perda excessivos de peso;
  6. Resistência à insulina que está associada ao diabetes tipo 2, e exacerbação do diabetes;
  7. Dor de cabeça do tipo tensional;
  8. Insônia;
  9. Diminuição do desejo sexual e impotência temporária nos homens;
  10. Exacerbação da tensão pré-menstrual;
  11. Diminuição da concentração, inibição do aprendizado e redução da memória;
  12. Exacerbação de lesões de pele, como por exemplo, à acne.

Como lidar com o estresse

  • Dieta saudável

Uma dieta saudável é essencial para qualquer programa de redução do estresse. A saúde em geral e a resistência ao estresse podem melhorar com uma dieta rica em cereais integrais, vegetais e frutas, e evitando o abuso álcool, cafeína e cigarro.

  • Exercícios

O exercício físico é uma ótima maneira de se distrair dos eventos estressantes. E o estresse lesa menos a saúde geral em pessoas fisicamente ativas. Procure uma atividade que proporcione prazer, algumas sugestões são: ginásticas aeróbicas, caminhadas, natação, yoga e tai chi. Mas comece devagar e vá aumentado a intensidade e a frequência gradualmente.

  • Técnicas de relaxamento

Relaxe através de técnicas específicas, como exercícios de respiração profunda, prestando atenção na respiração e respirando profunda e lentamente; relaxamento muscular, em uma posição confortável concentre-se em cada parte do corpo e sinta os músculos se relaxando totalmente; meditação; e massagem.

  • Técnicas cognitivas e comportamentais

Os métodos cognitivos e comportamentais são as maneiras mais efetivas para a redução do estresse. Incluem a identificação das fontes do estresse, reestruturação de prioridades, mudança na resposta ao estresse, e identificar as experiências positivas que diminuem o estresse.

Considere todas as possíveis opções:

  • Escutar música;
  • Tirar férias;
  • Se a fonte do estresse for a casa, fique um tempo à toa, mesmo se for apenas uma ou duas horas por semana;
  • Substitua o tempo desnecessário com o trabalho por atividades interessantes e agradáveis;
  • Tenha tempo para o lazer;
  • Tenha um animal de estimação.

É importante encarar os eventos cotidianos de uma maneira diferente. Mantenha um senso de humor durante as situações difíceis, o riso não somente ajuda a aliviar a tensão e manter as perspectivas, mas também parece ter um efeito físico que reduz os níveis do hormônio do estresse.

streess2

Por que escolher o Reiki para aliviar o estresse?

A técnica pode ser usada para uma série de muitas doenças diferentes que afetam fisicamente e você deve ter notado que você não está se sentindo bem ultimamente. Mas há uma boa razão para isso.

Na raiz de muitos problemas médicos diferentes reside o estresse. O estresse não é bom para ninguém. Se sentir algum estresse de curto prazo, isso não é tão mau quanto o estresse crônico. Ao longo do tempo, o estresse crônico pode até encurtar sua vida útil.

Dados médicos têm provado que muitas pessoas lutam com o estresse e sentem as dores dele. É por isso que quando você está no consultório médico e você está falando de uma dor ou outra coisa, ele quase sempre pergunta: “Você está estressado?”

Isso porque aqueles que estão no campo médico entendem o poder destrutivo do estresse e como ele pode se relacionar com as causas das manifestações físicas.

Quando se trata de encontrar ajuda para lidar com o estresse, você vai perceber que existem tantas opções para escolher.

Reiki é uma das melhores técnicas de alívio de estresse que você pode aprender a usar. A razão de ser um dos melhores é porque ele não depende de quaisquer pílulas ou loções ou qualquer tipo de sessões de terapia que você precisa voltar de tempos em tempos.

Não que aqueles sejam necessariamente ruins, mas se eles realmente funcionassem você não estaria estressado. Você saberia como lidar com isso para ter alívio. Você sabe como alguns programas para aliviar o estresse querem que você se comprometa por um determinado período de tempo e se comprometa com isso levando meses para encontrar a cura!?

Uma das melhores coisas também sobre a aprendizagem Reiki é que ele não leva meses para aprender a dominar a técnica. Então você obter alívio do estresse rápido. Até algumas pessoas já aprenderam Reiki em menos de 24 horas.

Outros aprendem em alguns dias. Se você vive uma vida bastante ocupada, você ainda deve ser capaz de pegar os passos da técnica dentro de alguns dias, no máximo.

Caso queiram saber mais sobre o Reiki e outras terapias complementares, criamos uma página no facebook (www.facebook.com/corpoealmatp), lá disponibilizamos mais informações sobre o assunto.

Nossos telefones para marcar sessões são: 99813-1669 / 98722-1478 com Sergio ou 98722-4112 com Ruth.

 

Comentários