É um momento único que os católicos trespontanos estão vivenciando na tarde desta quarta-feira (11). A igreja Matriz Nossa Senhora d’Ajuda permaneceu com muitos fiéis que estavam na celebração das 15 horas, no Tríduo da Beatificação do Venerável Padre Victor. Os devotos formaram um corredor entre os bancos do Templo para aguardar a chegada dos restos mortais do Padre Francisco de Paula Victor, que foram levados do túmulo na noite de domingo para a Associação Padre Victor e depois levados para o Carmelo São José.

Escoltado por um carro funeral da Organização de Luto Cônego Victor, o postulador da Causa Paolo Villota e o notário Ronaldo Frigini trouxeram a urna de acrílico com os restos mortais, bastante conservados. Mesmo com 110 anos de sua morte, o sacerdote que viveu em Três Pontas está com as relíquias bastante conservadas e identificadas por etiquetas visíveis.

SAM_2005
Restos mortais do Venerável estão na urna de acrílico com identificação

A urna chegou ao altar carregado pelos padres da Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda. Na frente seguia o bispo da Diocese da Campanha Dom Diamantino Prata de Carvalho. No caminho, os devotos fizeram questão de tocar e fazer o sinal da cruz. Outros mais de longe, acenaram aos sacerdotes, demonstrando a devoção e principalmente a emoção de sentir a presença de Padre Victor, o beato que tem fama de santo.

No altar, a Polícia Militar e os padres tiveram trabalho para orientar os fiéis que depois de muito tempo formaram uma enorme fila no corredor principal para passar alguns segundos diante das relíquias. E todo mundo queria também registrar o momento, com câmeras e aparelhos celulares. Muitos dos fiéis reafirmaram as graças alcançadas por intermédio do Venerável.

Cânticos e orações serão entoados em vigília até o início da missa do Tríduo, da noite as 19 horas. A celebração será presidida por Dom Diamantino e concelebrada pelos padres das três paróquias da Cidade. Políticos e personalidades devem prestigiar a missa solene.

SAM_2006

SAM_2034

 

COMPARTILHAR

Comentários