A Polícia Civil já está investigando o caso e ainda não confirma que tenha sido Luis Roberto Souza o “Parasita”, que invadiu uma residência na tarde desta segunda-feira (26) no bairro Bom Pastor para furtar.

De acordo com depoimentos colhidos pela PC, com a direção da Casa de Recuperação para Dependentes Químicos a “Pietá”, Parasita foi acolhido na sede da instituição no Parque Vale do Sol no dia 02 de janeiro e não existe a possibilidade de ser ele o autor deste crime. Um dos diretores da Pietá afirma que no momento em que o fato acontecia, Luis Roberto estava cuidando dos jardins da casa, junto com os demais recuperandos. Por isto, a Polícia Civil afirma que as investigações continuam e não se pode afirma que era ele.

O CRIME

Maria José de Oliveira de 58 anos, estava no quintal quando foi surpreendida por um rapaz pulando o muro da residência. Quando encontrou com a dona de casa, pediu que ela ficasse calada e a empurrou para um dos quartos. O bandido começou a revirar a casa a procura de dinheiro. Dona Maria José entregou a ele uma nota de R$50, porém, o rapaz não ficou satisfeito e queria mais. Continuou procurando, revirando as gavetas e jogou a mulher em cima da cama, pegou uma faca na cozinha e desferiu um golpe que atingiu o ombro dela. Em seguida fugiu levando o dinheiro e um aparelho celular. Dona Maria José foi socorrida até o Pronto Atendimento Municipal (PAM), atendida e em seguida liberada. Quando a PM chegou as informações repassadas por populares davam conta que era “Parasita” o autor do crime. Ele é acusado de ter assaltado uma padaria no fim do passado no mesmo bairro.

As investigações da Policia Civil continuam no objetivo de identificar e prender o acusado do roubo a casa de Dona Maria José.

COMPARTILHAR

Comentários