Membros da direção do Hospital São Francisco de Assis de Três Pontas receberam nesta quarta-feira de Cinzas (14), representantes do curso de Medicina da Universidade Federal de Lavras (Ufla). Ao invés da crise financeira debatida com exaustão, o assunto em pauta é um avanço que busca a administração e visa ampliar e melhorar os atendimentos prestados aos trespontanos e municípios que pertencem a microrregião.

Os visitantes vieram fazer uma vistoria para implantar o Hospital-Escola da Ufla na Santa Casa. De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da Instituição, nesta primeira avaliação a estrutura estaria aprovada e a possibilidade existe. Dados foram coletados e foram levados para análise da Universidade.

O provedor Michel Renan Simão Castro, comemora a possibilidade e explica que não haverá uma escola de medicina no Hospital. Após o oitavo período da faculdade de medicina, o aluno precisa fazer a parte de residência, então ela é feita em um hospital escola, onde há aulas teóricas e práticas. No caso de Três Pontas, os estudantes atuarão inicialmente nas áreas de clinica médica, cirúrgica e psicossocial. Serão a princípio 20 alunos, havendo a possibilidade deste número crescer com o tempo, porém, não será um número elevado para não influenciar no dia a dia da Santa Casa.

Após todo o tramite burocrático e a consolidação do convênio com a Ufla, imediatamente se começa a construção dos alojamentos. Se tudo correr dentro do planejado, tudo estará concretizado para 2019, de acordo com a necessidade da faculdade.

COMPARTILHAR

Comentários