Primeiramente, a Secretaria de Administração e Recursos Humanos informa que assinou a nota publicada na imprensa em nomes de todos os servidores lotados no Setor de Licitações, visto que na fala do Vereador conhecido como Serjão, o mesmo se refere ao assunto como “Máfia da Licitação”, e não “Máfia das Certidões” ou “máfia na agilização de documentos” ou qualquer coisa parecida. Logo, sua fala foi evidentemente direcionada ao referido setor.

Muito bom que agora o referido Vereador tenha admitido que sua fala nada tem a ver com o processo de licitação em si. Qualquer irregularidade que tenha ocorrido, se é que ocorreu, como dito anteriormente não é de responsabilidade de nenhum servidor da Secretaria de Administração e Recursos Humanos, em especial, dos servidores que compõem a eficiente equipe de licitação.

O processo de licitação é público e está à disposição de todos os Vereadores, órgãos fiscalizadores ou munícipes interessados, bem como já foi franqueado ao advogado da empresa licitante TCHO TCHÓ. Espera-se, inclusive, que após superado o equívoco na fala do nobre Vereador, que o mesmo se retrate de forma mais clara perante toda a equipe da licitação, visto que apesar de estar protegido pela imunidade parlamentar, desferiu sérias acusações quanto à moral e probidade do setor.

Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos da Prefeitura de Três Pontas 

COMPARTILHAR

Comentários