Acontece de hoje até domingo, em Três Pontes, a primeira edição do TPCine. A cidade se transforma em sede de cineastas do Brasil todo, num encontro único da sétima arte. Foram mais de 400 filmes inscritos, onde 70 foram selecionados para participar da competição que marcará a reinauguração do Centro Cultural Milton Nascimento. Uma tela de 10 metros exibirá longas, curtas, médias, documentários e animações. A partir do dia 26, de manhã, a tarde e a noite, os filmes serão exibidos à população de forma gratuita.

O evento é uma realização da secretaria de Cultura de Três Pontas com a CAMUSCINE, Produtora de Eventos Cinema. “A ideia da CAMUS é dar voz ao cinema independente e mostrar a verdadeira cara do Cinema Nacional, saindo do circuito comercial e trazendo a oportunidade do interior ter acesso a diferentes linguagens cinematográficas. Foram selecionados filmes do Brasil inteiro, de Norte a Sul, onde teremos a exibição de filmes fantásticos que nos orgulhamos de receber e mostrar para a população.

A CAMUSCINE é uma empresa sem fins lucrativos e produz estes eventos porque não é certo que tantos cineastas talentosos não consigam exibir suas produções. Temos no Brasil pouquíssimas salas de cinema, que acabam sendo invadidas por um cinema que não é a cara do nosso país e são poucos Festivais  de Cinema que acabam sendo consumidos por cineastas famosos. Não buscamos a fama, queremos ver talentos genuínos e que mostram a verdadeira identidade da sétima arte brasileira, disse” Luciano Santana, diretor da CAMUSCINE.

Através da Secretaria de Cultura de Três Pontas, Luciano encontrou o Deivis dos Santos, secretário de Cultura e também apaixonado por Cinema. “É de extrema importância para que um evento dessa magnitude dê certo, a mobilização da prefeitura local. Estamos impactados coma disponibilidade do Deivis em lutar para que este seja o evento do ano em sua cidade. Foram selecionados a dedo 4 jurados, cada um de uma cidade diferente, que têm experiências diferentes para a avaliação dos filmes. Queremos unir diferentes tipos de filmes, ideias e visões cinematográficas.”

Além das exibições, o TPCine trará debates entre os realizadores aberto ao público e oficinas gratuitas de cinema para a população de Três Pontas. “Nosso objetivo é além de compartilhar filmes de arte com as pessoas do município, incentivá-las a produzirem seus próprios filmes. Três Pontas é uma cidade cultural, que brilha mundo a fora através de seus músicos, queremos aproveitar a vocação da nossa gente e apresentá-las a uma arte que engloba todas as outras: o cinema”, diz o secretário de Cultura Deivinho.

Será um evento premiadíssimo. Serão 36 prêmios divididos em diversas categorias. A cidade de Três Pontas está de braços abertos e com as palmas prontas para aplaudir tantos talentos.

 

COMPARTILHAR

Comentários