Cartão do SUS é obrigatório para ser vacinado

A Secretaria Municipal de Saúde estendeu a partir desta terça-feira (14), o horário de funcionamento das salas de vacinação nos postos de saúde de Três Pontas.

Nos últimos dias, as Unidades Básicas de Saúde estão superlotadas e com a divulgação de que materiais de três macacos foram coletados e estão sendo investigados em Belo Horizonte, (sendo que dois deles não sobreviveram), os funcionários precisaram distribuir senhas para controlar o acolhimento. A estratégia segundo a coordenadora do Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde Lara Miranda da Silva, é que o serviço funcione em horário estendido inicialmente esta semana.

Nos postos dos bairros, a vacinação se estende até as 18 horas. Já na Policlínica, unidade onde está se formando filas enormes, a imunização é até as 20 horas. Ela ressaltou que o funcionamento é somente das salas de vacinação e o atendimento médico das unidades segue normalmente, no horário de costume.

A reclamação por causa da demora no atendimento tem uma justificativa. É preciso verificar o cartão, que na grande maioria está desatualizado. Além da febre amarela, a hepatite, dupla viral, HPV em meninos de 12 e 13 anos e meningite em meninas e meninos de 12 e 13 anos, são fundamentais.

A Secretaria segue as determinações do Ministério da Saúde e não há campanha enquanto não se tem nenhum caso suspeito ou confirmado. De acordo com Lara Miranda, mesmo se algum apareça, a orientação é seguir a rotina, que é aplicar a segunda dose, em quem está completando ou já completou 10 anos da primeira.  A estratégia de duas doses adotada no Brasil, é segura e garante proteção durante a vida. A população que não vive na área de recomendação ou não vai viajar para os locais onde há o surto, não precisa buscar vacinação neste momento. “Não estamos fazendo a vacina discriminadamente, pois existem critérios e ela pode causar muitas reações”, reinterou a Coordenadora.

COMPARTILHAR

Comentários