A secretária de Saúde Teresa Cristina e o prefeito Dr. Luiz Roberto

 

Durante a semana surgiram nas redes sociais usuários fakes (uma palavra da língua inglesa que significa falso ou falsificação) do facebook que espalharam terror mostrando falsas notícias envolvendo o poder Executivo Municipal. Uma delas seria o fechamento do Programa Saúde Família (PSF) do Padre Vitor. A secretária de Saúde do município Teresa Cristina Rabelo, esclareceu algumas dúvidas sobre o assunto.

Há oito meses sobre o comando da pasta, Teresa explica que foram realizados vários estudos para melhorias da área da saúde na cidade. O PSF do Padre Vitor foi um dos pontos estudados, pois existe até hoje uma falta de cadastramento das famílias no programa de saúde, onde o governo cobra um número mínimo de famílias para que a unidade funcione. Com base nas informações chegou-se a remota possibilidade da mudança do PSF para uma área de maior risco e de melhor facilidade ao acesso a saúde para pessoas de baixa renda. Porém o estudo não foi viabilizado, porque a própria Secretária Municipal de Saúde irá insistir no recadastramento das famílias atendidas no PSF Padre Victor. Finalizando ela confirmou a toda população que o PSF não será fechado e muito menos mudado de bairro.

Novamente os fakes soltaram um boato afirmando que o Centro Especializado de Odontologia (CEO) também seria fechado. Teresa explica que em momento algum se cogitou em fechar o local. Ressalta ainda que o serviço é de grande importância para o município trazendo enorme resolutividade para a população, uma vez que o local atende especialidades na área da odontologia.

A secretária de Saúde pede a população ao se deparar com alguma notícia que seja suspeita a ignore e busque informações concretas nos canais oficiais da Prefeitura Municipal de Três Pontas, como facebook oficial (www.facebook.com/prefeituratrespontas), site oficial (www.trespontas.mg.gov.br) ou com a própria Secretaria Municipal de Saúde, pois a transparência é a marca de sua gestão à frente da pasta. (Assessoria de Imprensa da PMTP)

COMPARTILHAR

Comentários