A Guarda Civil Municipal (GCM), promove a partir desta quinta-feira (21), a Semana Nacional de Trânsito de Três Pontas. O objetivo do evento é conscientizar os motoristas e motociclistas sobre os riscos que a falta de atenção e a imprudência podem causar. Além de atividades para os motoristas, haverá programação para os pedestres, incluindo os que utilizam as ruas para a prática da caminhada, ou mesmo as crianças que brincam nesses locais.

Haverá palestras nas escolas, passeios, blitz’s educativas, entre outros eventos. Estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e do ensino médio, vão integrar um Concurso de Redação com o tema “Álcool, outras drogas e a segurança no trânsito: efeitos, responsabilidades e escolhas”. A entrega da premiação será no encerramento da semana no dia 17, as 9 horas da manhã no Auditório Francisco Galvão de Paula. A abertura será feita com uma carreata que sairá da Avenida Ipiranga, em frente ao Auto Posto Aeroporto. Foram convidados – Polícia Militar e Polícia Civil, as Secretarias de Educação e Saúde, auto escolas, funerárias, serviços de guincho, ônibus coletivos, transportadoras. Os veículos percorrerão as ruas do centro da cidade com faixas e cartazes, convidando a todos a participar das atividades. A dispersão será na Praça Tristão Nogueira.

Levando em conta que o Brasil é um dos recordistas em mortes por acidentes de trânsito, a GCM de Três Pontas, partindo do pressuposto que todos nós compomos o trânsito, elaborou uma vasta programação, com o objetivo de abranger desde a infância a terceira idade, com atividades teóricas e também dinâmicas.

Veja abaixo a programação completa:

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA NACIONAL DE TRÂNSITO- 2014
1 Carreata em Comemoração à Semana do TrânsitoData: 21/08/2014Horário: 09h00minLocal: Auto Posto Aeroporto
2 Palestras em Escolas
3 Concurso de Frases/ Tema: “Álcool e Trânsito: responsabilidade e efeitos”Alunos do Ensino Fundamental (1º ao 5º Ano)
4 Concurso de Redação/ Tema: “Álcool, outras drogas e a segurança no trânsito: efeitos, responsabilidades e escolhas”.Alunos do Ensino Fundamental (6º ao 9º Ano) e do Ensino Médio
5 Curso de Pronto Socorrismo Data: 26/08/2014Horário: 08h30minLocal: Anfiteatro Francisco Galvão de Paula (Antigo IBC)
6 Passeata com alunos caracterizados como vítimas de AcidentesData: 28/08/2014Horário: 08h30minLocal: Pça Cônego Victor
7 Curso de Direção Defensiva para os condutores de Automóveis e MotociclistasData: 03/09/2014Horário: 19h30minLocal: Anfiteatro Francisco Galvão de Paula ( Antigo IBC)
8 Blitz Educativa para Veículos de Transporte de Trabalhadores RuraisData: 04/09/2014Horário: 06h30min e 17h30minLocal: Rua Barão da Boa Esperança
9 Caminhada para Terceira IdadeData: 07/09/2014Horário: 08h00minLocal: Av. Oswaldo Cruz
10 Passeio Ciclístico e Corrida CiclísticaData: 07/09/2014Horário: 09h00minLocal: Av. Oswaldo Cruz, Centro
11 Torneio de PipasData: 14/09/2014Horário: 09h00minLocal: Ginásio do Parque Multi Uso (Mina do Padre Victor)
12 Blitz Educativa- Alunos de EscolasData: 16/09/2014Horário: 09h00minLocal: Pça. Cônego Victor
13 Encerramento da Semana Nacional do Trânsito- PremiaçõesData: 17/09/2014Horário: 09h00minLocal: Anfiteatro Francisco Galvão de Paula (Antigo IBC)

 

Leonara

A revista Veja publicou recentemente, em sua edição 2333, uma grande reportagem que demonstra os números alarmantes de acidentes de trânsito no Brasil. A publicação apresentou dados de um levantamento do Observatório Nacional de Segurança Viária, feito com base nos pedidos de indenização ao Seguro DPVAT, que apontam que o número de vítimas de trânsito é maior do que o registrado para homicídio e câncer. Em 2012, a Seguradora Líder DPVAT registou um crescimento de 39% de indenizações pagas com relação ao ano anterior. Os casos de invalidez permanente representaram 69% do total e os pagamentos relativos às vítimas fatais alcançaram um número superior a 60 mil.

Os dados do Seguro DPVAT ainda chamam a atenção para a faixa etária das maiores vítimas da violência no trânsito: 41% do total de indenizações pagas em 2012 foram para jovens entre 18 e 34 anos de idade. A revista aponta que isso equivale a duas tragédias como a da boate Kiss, em Santa Maria (RS) por semana ou ao dobro do número de médicos formados anualmente no país e a 90 em cada 100.000 jovens adultos brasileiros.

A reportagem destaca também a situação no Nordeste do país, que representou 27% do total de indenizações de 2012, sendo metade deles relacionados a acidentes com motos. A região é a campeã nacional em número de vítimas com menos de sete anos sobre motocicletas, uma vez que é comum vermos nas ruas famílias inteiras – pai, mãe e filhos – circulando em cima de uma mesma moto. A falta de conscientização e fiscalização é um problema gravíssimo que leva a situações extremas como a do Hospital da Restauração, no Recife, a maior unidade de emergência médica da região, que chegou a ter 80% dos seus leitos ocupados por vítimas de acidentes de trânsito.

Mas existem bons exemplos que poderiam ser seguidos no Brasil. De acordo com a revista, na Alemanha, as mortes em acidentes de trânsito caíram 81% nos últimos 40 anos e o governo tem como meta fechar um ano inteiro sem nenhuma vítima fatal. Além disso, a Austrália reduziu a mortalidade nas ruas e estradas em 40% ao longo de duas décadas, enquanto a China alcançou uma redução de 43% no número de mortes entre 2002 e 2011. (Fonte: Revista Veja)

COMPARTILHAR

Comentários