O senador Antonio Aureliano (PSDB-MG) (foto) pediu apoio a sua proposta de dar ao município de Três Pontas, em Minas Gerais, o titulo de “Capital Nacional do Café”. A cidade, terra natal de Milton Nascimento e do ex-vice-presidente Aureliano Chaves, é sede da maior feira nacional de negócios relativos ao café, a Expocafé. Segundo o senador, estima-se que cerca de R$ 220 milhões são negociados no evento a cada ano. ” Isso mostra a força da cidade como grande polo cafeicultor do país”  disse ao Plenário do Senado na noite de quinta-feira (18).

Antonio Aureliano disse que a produção cafeeira no Brasil, embora tenha sofrido com a seca deste ano, ainda continua na liderança isolada do mundo. De acordo com o parlamentar, de cada três xícaras de café consumidas no planeta, uma é feita de café brasileiro, que hoje é exportado para mais de sessenta países.

Antônio AurelianoO senador informou que o Brasil é campeão com 27% das exportações mundiais, com 36 milhões de sacas exportadas em 2014, mesmo com a seca que castigou as lavouras. O sul de Minas, onde está Três Pontas, contribui com 43% da produção exportável e o estado tem a metade da produção de cafés especiais. ” Penso que o PL 409/2014 traz justa homenagem a Três Pontas e a todos os que, ao longo de quase 150 anos, se dedicaram à cafeicultura e a fazer de Três Pontas um ícone da produção nacional de café de alta qualidade, com níveis de produtividade excepcionais — defendeu o senador.

Protocolado na terça-feira (16), o projeto está na fase de recebimento de emendas na Comissão de Educação, Cultura e Esportes (CE), onde terá decisão terminativa.

Fonte: Agência Senado

COMPARTILHAR

Comentários