A candidata Dra. Luciana votou primeiro
  • Dra. Luciana de Sousa Martins
  • Idade: 39 anos
  • Casada
  • Presidente da 55ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Três Pontas
  • Período: 2016/2018

A advogada Luciana de Sousa Martins é a primeira mulher que vai assumir a presidência da 55ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Três Pontas, que abrange também o município de Santana da Vargem. Ela sobrevirá em janeiro de 2016, Dr. Luciano Reis Diniz que está na presidência a dois mandatos, desde 2010. Luciana é casada e divide o tempo de seu dia, com o escritório, os ofícios de dona de casa e a vocação da maternidade.

A eleição que teve apenas uma chapa inscrita aconteceu neste sábado (21), na sede da Ordem no prédio em frente ao Fórum Dr. Carvalho de Mendonça. Estavam aptos a participarem do pleito 130 profissionais, destes 74 votaram. Ela obteve 65 votos, 6 em branco e 3 votos nulos. Além de Luciana, o vice é Augusto Almeida, secretário Luís Gustavo Reis Chaves, secretário adjunto Edna Ferreira Gomes de Brito, tesoureiro Mateus Miranda Cruz. Os cinco conselheiros são – Juliano Miari Diniz, Juliano Vitor de Brito, Laércio de Oliveira Lopes, Patrícia Melo Reis e Umbelina Maria de Mesquita. O mandato é de três anos e termina em 2018.

Luciana e Luciano votaram juntos pouco antes das 9 horas da manhã e estavam acompanhados por membros da nova direção. O presidente que deixa o cargo no dia 31 de dezembro, afirmou aos colegas que achou que era o momento de sair e deixar outras pessoas fazerem em prol da advocacia trespontana.

Encabeçar a chapa e saber no fim do prazo de inscrição que seria a única, é uma enorme e grata surpresa, pois Luciana achou que haveria concorrentes, pois há muitos advogados experientes, atuantes, competentes e de renome na Comarca. Isto é claro aumenta a sua responsabilidade, principalmente com a ética e conduta profissional. “Com 13 anos de carreira, este é o coroamento da minha profissão”, afirmou.

Juntamente com estes que compõem a chapa junto com ela, a visibilidade maior da OAB e a defesa das prerrogativas, são as metas de uma maneira geral que Dra. Luciana se impõe a si própria.

O número de mulheres que escolheram a profissão já é grande está em uma crescente. A última entrega de carteiras que aconteceu recentemente, por exemplo, foi quase exclusivamente à elas. A intenção é montar a Comissão da OAB Mulher. Algumas já foram contactadas justamente para mostrar que o trabalho não se restringe a uma gestão dentro da Ordem, mas se estende às reivindicações sociais e hoje em dia o papel da mulher é um pedido geral.

Uma reivindicação antiga reconhecida pela presidente eleita, é a construção da sede própria. Ela admite que o espaço, de encontros, estudos e apoio ao trabalho dos advogados é necessário, mas lembra que questões burocráticas que precisam ser resolvidas, que não depende apenas da vontade e sim de questões legais que vão além da sua competência.

Destacando o trabalho da direção da Subseção no comando de Dr. Luciano Reis Diniz, que melhorou muito a estrutura de trabalho, por ocasionando por consequência o crescimento da instituição, a presidente eleita, quer continuar avançando e fazer valer disso para deixar os advogados conhecidos socialmente. “O advogado precisa ser conhecido socialmente, porque é a sociedade é que nos dá o serviço e respaldo para trabalhar”, disse.

Outro avanço da atual gestão para os profissionais e comunidade, registra Dra. Luciana,  foi a instalação da 3ª Vara de Justiça na Comarca de Três Pontas. A importância disso, vai muito além da questão de divisão do trabalho, garante uma melhor gestão atendimento à população, agilidade e beneficia o próprio Tribunal.

Agradecida pela participação de todos na Eleição, ela deixa uma mensagem de compromisso, enfatizando a importância dos profissionais da advocacia para a plena realização da justiça. “A efetiva realização da justiça passa pelo trabalho do advogado. Somos nós que promovemos o acesso ao direito, que mostramos e defendemos os direitos dos cidadãos”, ressalta Luciana de Sousa.

“Com 13 anos de carreira, este é o coroamento da minha profissão” – Luciana de Sousa Martins – presidente eleita da 55ª Subseção da OAB Três Pontas
“Com 13 anos de carreira, este é o coroamento da minha profissão” – Luciana de Sousa Martins – presidente eleita da 55ª Subseção da OAB Três Pontas

Todas as 217 Subseções de Minas Gerais escolheram seus dirigentes neste sábado, das 8:00 às 17:00 horas. Os advogados que não votarem precisam justificar a ausência sob pena de multa de 20% sobre o valor da anuidade.

A OAB/MG também teve concorrência em chapa única. Encabeçada por Antônio Fabrício de Matos Gonçalves, a chapa conta, ainda, com o advogado de Varginha Gustavo Chalfun como candidato a Secretário Geral e a trespontana Rubia Maria Vilela Reis Faustino no cargo de Conselheira estadual.

COMPARTILHAR

Comentários