Nenhum local próximo das seções eleitorais, escapou da sujeirada, provocada pelos santinhos e materiais de campanha. Geralmente eles são jogados na noite anterior a disputa e é uma forma que os candidatos encontram de ter o voto daqueles que estão indecisos, ou dos menos conscientes que votam em qualquer um.

Em todos os 17 colégios eleitorais, caras e números estavam estampados na papelada que cobriram nas calçadas, portas de escolas e creche. O vento levou a sujeira para a porta de residências e nem mesmo o jardim do Carmelo São José no bairro Santa Inês escapou. O hall de entrada do Ginásio Poliesportivo Governador Aureliano Chaves de Mendonça, em frente a Escola Estadual Deputado Teodósio Bandeira, maior colégio eleitoral estava infestado de santinhos. Ao lado da Prefeitura, onde saíram ônibus o dia todo que fizeram o traslado dos eleitores da zona rural, também tinha muito papel. Outro local que estava coberto de santinhos, foi o pátio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto, no alto da Avenida Ipiranga. Funcionários da autarquia se juntaram para limpar a sujeirada.

A maioria dos eleitores saíram cedo para votar e no alto da Avenida Ipiranga, próximo da Escola Municipal Antonieta Ferracioli Duarte, motoristas tiveram que ter paciência. Em vários momentos o trânsito ficou lento e houve hora que parou.

A Eleição no geral foi tranquila e não houve registro de grandes problemas. Apenas duas pessoas é que foram encaminhadas a Delegacia de Policia Civil de Três Pontas, acusadas de realizar boca de urna.

DSC03335
Santinhos voaram para o jardim da Estação de Tratamento do SAAE na Avenida Ipiranga
Na entrada do Ginásio Poliesportivo muita sujeira
Na entrada do Ginásio Poliesportivo muita sujeira


COMPARTILHAR

Comentários