TAC fez 4 a 0 no jogo em Cabo Verde com destaque do pivô Jarbas que saiu do banco para marcar duas vezes

O TAC teve dois tempos opostos na partida da noite desta segunda-feira (23), em Cabo Verde, contra Monte Santo de Minas. O time estreou na 2ª fase da Taça EPTV de Futsal, goleou no primeiro tempo por 4 a 0 e administrou este placar na etapa final.

O time não fez reconhecimento da quadra do Ginásio de Esportes do bairro São Judas Tadeu, já entrou com o uniforme de jogo e teve poucos minutos que antecedeu a partida para bater uma bolinha, tirar fotos, dar entrevistas e fazer o aquecimento, já que a noite estava gelada em Cabo Verde. E digamos que esta correria não prejudicou, pois mais uma vez o TAC demonstrou que é um time de sorte e a estrela individual de alguns atletas brilharam mais, resultando na vitória mais convincente do grupo no campeonato até aqui, dando adeus aos placares magros. Isto, mesmo que do outro lado fosse uma equipe de jovens, com média de idade de 20 anos e que o time chegou com moral depois de ganhar de Andradas por 6 a 3.

O TAC mostrou a que veio e abriu o placar logo as 4 minutos. Rening cruzou para Porquinho que mandou a bola na trave, ela voltou e chegou aos pés de Pedrinho que escolheu o canto direito do goleiro para marcar, TAC 1 a 0. E dos jogadores que começaram jogando (Rudinho, Waguinho, Pedrinho, Rening e Porquinho) ele foi o único que balançou as redes. E não foi por falta de vontade, pois o time infernizou e atropelou o adversário.

O golaço foi de Jarbas que saiu do banco de reservas para marcar duas vezes. Sozinho, o pivô que estreiou este ano com a camisa rubro negra, acreditou, passou por três adversários e fez a alegria da equipe, TAC 2 a 0.

O TAC também perdeu gols, mandou mais bolas na trave, mas soube aproveitar que o goleiro adversário, Zezinho, jogava adiantado. Se por um lado, ele saia jogando e a bola chegava mais rápido no arqueiro de Três Pontas por outro ele deixava o gol escancarado. Foi assim, jogando no contra ataque, que Rafinha que tem uma velocidade incrível nos pés e ampliou com o terceiro aos 18 minutos.

E antes do apito final do primeiro tempo, foi novamente Jarbas que quando o cronômetro cravar 20 minutos viu a saída do goleiro e fechou os 4 a 0.

Até ai, o técnico André Luis da Silva não tinha feito tantas substituições.

No segundo tempo, o comandante promoveu a estreia de Helder que até então tinha viajado com a delegação e havia apenas assistido as partidas. Ele atuou, não comprometeu em nada, mas já não apresentou aquele grande futebol como antes.

O time que começou o segundo tempo com Rudinho, Porquinho, Helder, Pedrinho e Waguinho
O time que começou o segundo tempo com Rudinho, Porquinho, Helder, Pedrinho e Waguinho

Na etapa final, Monte Santo pressionou, aumentou a rapidez nas jogadas, jogou bola na trave, fez cruzamentos quase perfeitos, exigiu de Rudinho grandes defesas, mas o  resultado na verdade já estava fechado. Recuado como todo time que está ganhando de mais de dois gols de diferença, o TAC passou maus momentos com Igor e Mizael. Em uma das jogadas Rudinho tirou com a ponta do pé. O trespontano Rafinha respondeu imediatamente quando recebeu livre de marcação, o gol adversário escancarado, mas ele demorou e a defesa chegou. Lutando contra o tempo, uma alternativa do técnico Adenilson Heder da Silva foi de colocar goleiro linha aos 16 minutos e entrou Plínio, que não mudou muito o ritmo da partida. Ele recebeu foi um cartão amarelo por não usar colete no banco.

E o placar permaneceu o mesmo do primeiro tempo – TAC 4 x 0 Monte Santo de Minas.

04O próximo compromisso do time trespontano é dentro de casa. Será o primeiro jogo desta temporada que o rubro negro fará em casa, reencontrando sua torcida. Será na quinta-feira (02), as 20:30 no Ginásio Poliesportivo Governador Aureliano Chaves de Mendonça, contra Lambari. Nesta segunda chave, apenas uma equipe se classifica para a terceira fase da Taça EPTV. O treinador André Luis convoca os torcedores para prestigiar a equipe que precisa de um empate para se garantir nas oitavas de final.

FICHA DO JOGO

TAC 4 x MONTE SANTO DE MINAS

Segunda-feira 23-05-16

Cidade: Cabo Verde      

Local Ginásio Poliesportivo do bairro São Judas Tadeu

TAC – Rudinho, Waguinho, Pedrinho, Rening e Porquinho. Técnico André Luis da Silva. Entraram André Rabelo, Ulisses, Jarbas, Somália, Leozinho, Helder e Rafinha.

01MONTE SANTO DE MINAS – Zezinho, Juninho, Igor, Mizael e Gabriel. Técnico Adenilson Heder da Silva. Entraram Plínio, Cleber, Nandinho e Rodrigo.

GOLS – Pedrinho 4”, Jarbas 9” e aos 20 minutos e Rafinha aos 18” do primeiro tempo.

ARBITRAGEM 1 – Nilton Aparecido dos Santos 2 – Leandro Paulo Marques – Liga de Guaxupé.

COMPARTILHAR

Comentários