O Três Pontas Atlético Clube (TAC), recebeu visitas ilustres no treino desta quarta-feira (24) e também a equipe de reportagem da EPTV, que realiza a 26ª edição da competição de futsal que leva o nome da emissora afiliada da Rede Globo no Sul de Minas. Os repórteres Ernane Fiuza e Carlos Cazelato, registraram a preparação e a expectativa de atletas e torcedores, para a final da competição que acontece no sábado (27), as 10h30, no Ginásio Artur Mendonça Chaves, em Poços de Caldas. A reportagem será veiculada no Jornal da EPTV ao meio dia desta quinta-feira (25).

O vice prefeito Érik falou que está na torcida para o TAC
O vice prefeito Érik falou que está na torcida para o TAC

Os atletas também receberam a torcida do vice prefeito Érik dos Reis Roberto que gravou entrevista e o apoio do professor Nilton Shete que comandou a Seleção de Três Pontas durante 10 anos ininterruptos e acompanhou o treino no Ginásio Poliesportivo Aureliano Chaves de Mendonça. Aos 50 anos, ele chegou a quatro finais da Copa Alterosa e uma vez na EPTV, não conseguiu levantar as taças em nenhuma delas e agora torce para que se ex-atleta, André Luis da Silva consiga o título inédito que a população tanto sonha.

Como torcedor, ao observar a quadra e ver que todos aqueles do elenco, inclusive o treinador, já treinaram como ele, a maioria bem menores, é de dar orgulho e uma satisfação inexplicável. “Por isto é que eu estarei cedinho em Poços de Caldas, porque eu acredito na vitória dos meninos”, acrescenta. Sobre seu relacionamento com os atletas, ele não esconde que continua sendo como era antes, de pai para filho, inclusive ao técnico André Luis.

Treinador da Seleção por 10 anos, Shete torce pelos seus ex atletas
Treinador da Seleção por 10 anos, Shete torce pelos seus ex atletas

Shete considera que chegar a uma decisão como esta, é o ápice de um bom trabalho realizado. Se no passado não muito distante, Três Pontas perdeu títulos, por conta de detalhes e de uma eficiência maior dos adversários, o professor elogia a forma que seu ex-aluno trabalha, procurando adequar todo o grupo, que é bastante homogêneo e varia bastante dentro de quadra. Na opinião de Nilton Shete a forma de disputa da Taça EPTV favorece as equipes que treinam menos, por ser 20 minutos corridos. “Todo jogador que treina uma, duas vezes por semana tem condições de jogar e bem”, disse. Para ele, é por isto que as equipes que mais ganharam a competição não treinam e importam jogadores inclusive de São Paulo.

Experiência veterana em quadra

O mais experiente no grupo é Wagner Vitor Claro de 40 anos (foto). Waguinho como é chamado pelos amigos, vai disputar a sua terceira final da Taça EPTV, mas nunca teve a felicidade de levantar o

SAMSUNG CAMERA PICTURES
Waguinho vai para mais uma decisão

caneco. Como a disputa é algo inesquecível, mesmo que não tenha vencido, em 1994 tinha 20 anos, quando o comandante era Chiquinho Carneiro e tinha um timaço em quadra – André goleiro, Tata, Eltinho, Totonho, Roque, Matilde, Betinho, entre outros que se entrosaram bastante.

Em 2004 já era Nilton Shete o técnico. Waguinho com 30 anos, lembra que o time de Três Pontas tinha a vantagem e jogava por empate, mas o adversário era Poços de Caldas, uma equipe semi profissional, que tinha acabado de disputar uma Liga.

A equipe saiu perdendo por 2 a 0, conseguiu depois fazer um gol , faltou pouco e nos detalhes acabou dando Poços.

Waguinho foi aceito no grupo novamente de braços abertos em 2015. Ele não estava na primeira lista de convocados, esperava disputar primeiro a Copa Futsal do Trabalhador para voltar, mas como a competição foi antecipada e o convite apareceu, ele aceitou está focado nos treinos e não falta. Mesmo depois de trabalhar o dia inteiro em sua loja, ele faz questão de comparecer.

Agora com 40 anos, o veterano acredita que mais do que nunca a Cidade merece o título, depois de bater duas vezes na trave. Nesta última semana, os jogadores tem conversado bastante e Waguinho buscado passar a experiência e a pressão que começa cedo e só termina com o apito final.

 A COBERTURA DA FINAL  DA TAÇA EPTV TEM APOIO DA ORGANIZAÇÃO DE LUTO CÔNEGO VICTOR

FUNERÁRIA

COMPARTILHAR

Comentários