O ano de 2014 foi produtivo, vários objetivos foram alcançados, mas a intenção é chegar ainda mais longe. Nesta temporada, o Três Pontas Atlético Clube (TAC) Futsal, conquistou o título da Copa Alterosa, disputou em seguida a Taça EPTV de Futsal e ficou em terceiro lugar. Este é um dos motivos de toda a diretoria ter se reunido com os atletas, comissão técnica e a Prefeitura, para expor o que já são regras e ouvir as demandas dos jogadores que construirão o seu nome no TAC, no novo ano que está chegando, na primeira competição que é a Copa Alterosa.

O encontro foi realizado no Espaço Popular, de propriedade do presidente Ney Antônio Mendonça, na noite de quinta-feira (18). Foi ele próprio quem conduziu a conversa, bastante informal, por sinal. O vice prefeito Érik dos Reis Roberto e a secretária de Esportes Érika dos Reis Roberto também participaram.

Para 2015, já estão confirmados cinco patrocinadores na camisa. Um patrocinador já enviou para todo o elenco um par de tênis que serão usados exclusivamente para jogos do TAC. Por isto, eles ficarão com a diretoria. Os jogadores terão novamente uniforme para treinos, viagens e jogos e material esportivo que foram expostos na reunião. O convênio com o sacolão que fornece as frutas para os dias de jogos foi renovado. Duas farmácias também atenderam com medicamentos quando for necessário, além de um fisioterapeuta que vai atender o grupo. “Estamos fazendo de tudo, buscando parcerias e apoio para que possamos oferecer as melhores condições a todos”, alertou. Dificuldades que o elenco vivia no passado, já não existem mais como ônibus, vans e kombis estragando durante as viagens, falta de material esportivo e até uniforme. Histórias de sofrimento já não fazem parte do cotidiano, tudo por conta da seriedade, planejamento e amor ao Leão do Sul de Minas.

Em contrapartida, os atletas serão cobrados. Exigências que os jogadores pareceram entender e concordaram, pois eles visam alcançar um objetivo, representar de novo Três Pontas. O principal desafio para o ano de 2015 é a conquista do título da Taça EPTV. Atualmente é o que mais se almeja. Não apenas quem joga, mas a população como um todo, torce para que a cidade levante a taça mais cobiçada no Sul de Minas.

Em 2014, um grande número de atletas foram convocados. Ao todo 48, no fim sobrou 17, sendo que três abandonaram o grupo. Na EPTV podem se inscrever 20 e para o ano que vem, 25 estão sendo chamados. Para esclarecer comentários que surgiram este ano, Ney afirma que não havia ninguém ganhando mais do que ninguém. Este seria um dos motivos que alguns atletas saíram, por suposição, o que ocasionou um racha.

O elenco está sendo gradativamente renovado. Muitos do de 2014 estarão de volta, outros que já passaram pelo TAC no passado ganharam uma nova chance, mas algumas caras novas estão sendo vistas. Isto faz parte do processo de renovação gradativa proposto pelo Três Pontas Atlético Clube.

Exigências foram apresentadas

Diretoria e Comissão Técnica apresentaram em contrapartida o que será exigido este ano. Pontualidade nos treinos é uma delas e haverá uma gratificação por participação nos treinamentos, que iniciarão já no dia 06 de janeiro, no Ginásio Poliesportivo Delvo Corrêa, no bairro Padre Vitor, já que o Ginásio Poliesportivo Governador Aureliano Chaves de Mendonça está em reforma. Quando o treinador estiver falando é exigida a devida atenção. Os atletas deverão ter fidelidade ao grupo. O comprometido será fundamental para que eles correspondam dentro de quadra, a expectativa do torcedor e a todo investimento que está sendo feito. Todo jogador que tiver problemas e necessitar de fisioterapia ou até de alguma cirurgia terá atenção especial, porém, se o problema for causado em outro time, clube ou competição, a diretoria não se responsabilizará.

Atletas do futebol de salão que forem convocados para o futebol de campo, terão que optar e ser exclusivo de um só. Se o treinador for do campo for de cidades de fora e não exigir treinamento ele pode atuar também pelo campo. Em caso de empate ou vitória nos jogos haverá uma bonificação, cujo valor ainda está sendo decidido pela diretoria. Se perder a partida, não há gratificação.

A Secretaria Municipal de Esportes vai realizar no próximo ano a Copa Futsal do Trabalhador com modificações, começando a terminando na data certa. Outras mudanças já foram anunciadas pela secretária Érika dos Reis, como por exemplo, em dias de treinos e jogos do TAC nas competições, não deverá haver rodada da categoria adulto.

TAC é vitrine do futebol

03Por várias vezes, o vice prefeito Érik dos Reis Roberto acrescentou durante a exposição feita pelo presidente Ney Antônio que o clube e uma vitrine do futebol trespontano, motivo pela qual a Prefeitura investe e dá condições da diretoria trabalhar com os grupos do TAC. “É dinheiro público investido, porque acreditamos no trabalho da diretoria. Vemos a dedicação que o Ney tem junto com a sua diretoria em trabalhar pelo TAC e acima de tudo pela cidade e por vocês”, acrescentou. Ele ainda disse que existem muitas crianças que gostariam de estar onde eles [jogadores do TAC] estão, por isto, também pediu o comprometimento. Por isto, também informou que a falta de reconhecimento do trabalho e dedicação de todos os envolvidos com o Leão do Sul de Minas, por parte de alguns veículos de comunicação, se deve a questões políticas e que por mais que eles tragam resultados positivos, nada será motivo de elogios. Não por conta da atuação, mas por culpa dele e de Paulo Luis estarem governando a cidade.

Resgate do futsal de Três Pontas

04O técnico André Luis da Silva renovou o contrato com o TAC. Ele tinha outros planos para 2015, mas aceitou novamente o desafio. Ele fez uma palestra, apresentou seus objetivos, sem esquecer de registrar que o futsal estava esquecido e que agora virou novamente vitrine com os resultados que ao longo do tempo foram sendo conquistados. Porém, não escondeu que na Taça EPTV poderia ir mais longe. Na reta final, o time caiu de produção e não rendeu aquilo que poderia. Reconhecendo que algumas vezes pode ter errado, André Luis anuncia que será ainda mais rígido, não terá piedade e quem errar vai sair.

Comissão Técnica

A Comissão Técnica tem alguns nomes novos e outras pessoas foram remanejadas. O treinador é André Luis da Silva e seu auxiliar será um membro da diretoria, Wendel Rabelo. Agnaldo Dionísio será o massagista e o treinador de goleiros é Arnaldo Donizete Gonçalves, que já foi goleiro do Minas Tênis Clube e da Seleção de Três Pontas.

O vice prefeito Érik dos Reis e sua irmã, a secretária de Esportes Érika participaram da primeira reunião do TAC de planejamento da nova temporada
O vice prefeito Érik dos Reis e sua irmã, a secretária de Esportes Érika participaram da primeira reunião do TAC de planejamento da nova temporada
COMPARTILHAR

Comentários