Um taxista de 61 anos foi assaltado na noite desta quarta-feira (25) e viveu momentos terríveis nas mãos de dois bandidos.

De acordo com a Polícia Militar, o taxista estava no ponto do Terminal Rodoviário, quando dois homens chegaram e pediram uma corrida até o Caic. Na Rua Vereador João Scatolino Filho, no bairro Jardim Boa Vista, um dos autores retirou a chave da ignição e anunciou o assalto. Um deles então, assumiu a direção do veículo enquanto o outro teria ficado com a vítima no banco traseiro, apontando um revólver, ordenando que o taxista permanecesse de cabeça abaixada.

Os bandidos pegaram a estrada vicinal que liga Três Pontas a Rodovia MG 167 e durante o trajeto o agrediram, porém, não provocou lesões ou ferimentos. No caminho, apenas um deles falava com sotaque paulista e dizia que era era ladrão profissional. Segundo Paulo Adolfo, apesar de conhecer muita gente da cidade, os bandidos aparentavam ser gente de fora.

Eles abandonaram o taxista a cerca de dois quilômetros antes de chegar na rodovia, na Fazenda Vista Alegre, levando o carro, um HRV Honda que ele havia comprado a cerca de 15 dias. Não deu tempo nem de emplacar o veículo. Estavam no automóvel aproximadamente R$2 mil em dinheiro, talão de cheque, relógios, uma corrente de ouro e três aparelhos celulares. Na fuga eles ainda fizeram um disparo para o alto.

A vítima teve que caminhar cerca de um quilômetro até chegar na Fazenda Vista Alegre, onde conseguiu fazer contato com a Polícia Militar. De acordo com o taxista, o prejuízo dele é de cerca de R$75 mil.

A PM fez rastreamento e acionou as cidades circunvizinhas para fazer o cerco, mas ninguém foi preso.

DSC00493

COMPARTILHAR

Comentários