Na foto, o candidato a prefeito Emerson, Gleiton, vice de Renato e João Fran Fran que disputa a prefeitura

*Emerson Araújo, Renato da Farmácia e João Fran Fran são os candidatos a prefeito

A Justiça Eleitoral deu a largada à disputa política pela Prefeitura de Santana da Vargem, com a abertura do calendário eleitoral e a entrega dos pedidos de registros dos candidatos postulantes ao cargo no Executivo, prefeito e vice. As chapas ficaram assim formadas: Emerson Silva Araújo e Vitor Donizetti Siqueira, ambos do PT; Renato Teodoro da Silva (PDT) e Gleiton de Souza (PSL) e João Martins Boaventura (PMDB) e Marcos Vicente Corrêa (PSDB).

As três chapas foram inscritas nesta quinta-feira (19), no último dia do prazo estipulado no calendário eleitoral da Eleição suplementar marcada para 19 de novembro, quando os eleitores terão que voltar às urnas.

O Cartório Eleitoral de Três Pontas ficou movimentado o dia todo e deve ser assim nos próximos dias com o início da campanha eleitoral, que começa nesta sexta-feira (20). Os candidatos foram recebidos pela Chefe do Cartório Eleitoral Maria Rosa Guimarães Miari.

Coligação “Santana para Todos”

O Partido dos Trabalhadores lançou chapa puro sangue na disputa pela Prefeitura. O ex vereador e atual presidente do PT Emerson Silva Araújo é o candidato a Prefeito e seu vice é Vitor Donizetti Siqueira “Vitor Elói”, que foi prefeito da cidade no último mandato – 2013/2016. A chapa foi a primeira a ser oficializada no início do expediente do Cartório Eleitoral. A dupla tem o apoio do PHS e ambos realizaram as convenções no domingo (15).

Emerson teve o seu nome indicado pela Comissão Provisória aprovado pelos integrantes do grupo e ele se colocou a disposição para a disputa.

Colocando Deus na frente, o candidato diz que fará uma campanha limpa, olhando nos olhos dos eleitores e mostrando o que ele fez antes mesmo de exercer qualquer cargo, depois como vereador no mandato passado e que tem condições de fazer muito pela cidade como prefeito.

Sobre como vai enfrentar a questão do seu candidato a vice, Vitor Elói estar preso, mas apto à disputa, Emerson Araújo afirma que o companheiro foi vítima de armação política, que atingiu também o presidente o ex-presidente do PT Deuzone Ribeiro e a ex-primeira dama Sandra Siqueira. “Eles irão dar a volta por cima e provar a inocência deles, que tudo foi para tirar o Vitor da disputa. Mas não tem nada que o desabone e a população acredita em sua inocência. Esperamos que estejam a disposição na campanha,” defendeu.

Vitor Elói é acusado pelo Ministério Público de desvio e lavagem de dinheiro público, organização criminosa, falsidade material e ideológica, peculato e está preso desde maio.

Coligação “Saúde em 1º lugar”

O prefeito interino Renato Teodoro da Silva (PDT), não esteve no Cartório Eleitoral e foi o seu vice Gleiton de Souza, o “Gleiton do Cajuru” (PSL), quem no meio da tarde, entregou a documentação exigida pela Justiça Eleitoral. A chapa tem na coligação os partidos PTB e PSD, que entre os dias 13 e 16, definiram apoio ao vereador, que o presidente da Câmara Municipal e foi conduzido ao Poder Executivo, com a vacância do prefeito. É que Argemiro Rodrigues Galvão (PDT) venceu a Eleição de 2016, com uma diferença de 26 votos, mas com a candidatura indeferida, após ter suas contas referentes a 2005, rejeitadas pelo Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE-MG) e o Poder Executivo. Argemiro disputou com Vitor Elói e o resultado ficou indefinido.

Gleiton foi vice prefeito de Vitor Eloi e decidiu disputar o mesmo cargo, do lado oposto, depois que eles sentaram em junho deste ano e decidiram assim como fez no mandato anterior, dividindo as tarefas para administrar Santana da Vargem e Gleiton se dedicando a zona rural, em um trabalho de parcerias. “Já demonstrei ao longo destes anos o que sou capaz de fazer e Renato e eu vamos trabalhar juntos esquecendo o passado político. Hoje precisamos é pensar no futuro da cidade”, defendeu o vice de Renato.

Coligação “Santana não pode parar”

O vereador João Martins Boaventura (PMDB) vai disputar pela primeira vez o cargo de prefeito. Ele cumpre na Câmara o quarto mandato e já foi presidente. Seu vice é novato na política, Marcos Vicente Correa (PSDB), filho do ex prefeito Chico Barba. Eles tem o apoio do PSB e a definição dos nomes também foi no domingo.

João “Fran Fran” como é conhecido, diz ser a terceira via e a melhor opção para o povo vargense. Sua decisão em disputar o cargo no Executivo foi justamente para as pessoas que não tiverem de acordo com os dois grupos que governaram tem a opção de votarem nele.

Há 20 anos na vida pública, “Fran Fran” diz que conseguiu recursos em várias áreas, tem amizade com políticos nas outras duas esferas, que ele considera ser fundamental para municípios do porte de Santana da Vargem, que enfrentam dificuldades para se manterem apenas com recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), ainda mais fazer obras.

Aberta a atípica corrida ao voto

A partir desta sexta-feira (20), os candidatos já podem pedir votos e realizar as ações de costume, de acordo com a Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cuidou das regras relativas à propaganda de 2016. Os candidatos a prefeito e vice podem pedir votos de 8:00 da manhã as 22:00 horas, até a véspera do pleito.

A propaganda eleitoral gratuita no rádio começa no dia 02 de novembro e termina dois dias antes da escolha do novo gestor, dia.

Até a proclamação dos candidatos eleitos, o Cartório Eleitoral de Três Pontas funcionará das 12:00 as 19:00 horas, de segunda a sexta-feira e aos sábados, domingos e feriados de 13:00 as 19:00 horas.

No dia 19 de novembro, os eleitores voltam às urnas. O horário de votação é o mesmo das tradicionais de 8h às 17h. A diplomação dos candidatos eleitos deve ocorrer até o dia 08 de dezembro.

COMPARTILHAR

Comentários