Dois acidentes foram registrados nas últimas 24 horas, entre domingo e segunda-feira (25 e 26), em um pequeno trecho da MG 167 entre Três Pontas e Santana da Vargem. Eles ocasionaram em 10 pessoas feridas e veículos bastante danificados.

Na tarde do domingo de Natal, dois veículos bateram de frente próximo ao local onde funcionava uma balança de pesagem em Santana da Vargem. Os motoristas deram versões diferentes no boletim de ocorrências registrado pela Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE).

José Luiz dos Santos de 50 anos, da cidade de Perdões que estava em um Gol sentido Três Pontas – Santana da Vargem, contou que teve que frear bruscamente por causa do veículo que seguia a sua frente. Ele teria tentado desviar, mas não conseguiu voltar para a sua mão de direção e bateu de frente com o carro de Leonardo Moreira de 40 anos, um Crossfox. Este último não se recorda muito bem do acidente, mas contou que seguia sentido a Três Pontas e que de forma repentina o veículo conduzido por José Luiz adentrou na sua mão de direção e que ele não deu tempo de fazer nada.

Cinco pessoas com idade entre 29 e 56 anos tiveram ferimentos leves e foram socorridos pelo SAMU e Socorristas Voluntários para o Pronto Atendimento Municipal (PAM). A senhora de 56 anos que estava no banco traseiro do Crossfox está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Francisco de Assis e seu estado de saúde respira cuidados. Ela é de Passatempo (MG) e estava a caminho de Três Pontas para visitar a filha e passar o Reveillon.

carro-1Já na tarde desta segunda-feira (26), foi uma tentativa de ultrapassagem em um local proibido que deixou cinco pessoas da mesma família feridos, próximo a uma boate.

O carro do trabalhador rural Claudinei Eugênio de 38 anos, seguia para Três Pontas capotou quando foi atingido por uma BMW com placas de São Paulo (SP), que trafegava sentido contrário, depois de forçar uma ultrapassagem em um trecho proibido. Como não conseguiu, acabou atingindo a lateral do Gol que capotou. As vítimas com idade entre 13 e 47 anos, tiveram ferimentos leves e foram socorridas para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Três Pontas. Claudinei contou que todos usavam cinto de segurança e acredita que por isto o acidente não teve consequências piores. O motorista do BMW que teria provocado o acidente fugiu a pé, segundo testemunhas com outros dois homens que estavam com ele.

Nos dois acidentes o trecho é de faixa continua, onde não é permitida a ultrapassagem.

O valor da multa por ultrapassar em faixa continua teve aumento de até 900%. O condutor que for flagrado em ultrapassagem em faixa contínua, será autuado com multa de R$ 1467,35, além de 7 pontos na CNH. O mesmo valor será pago pelo motorista que ultrapassar pela contramão. Se houver reincidência em até 12 meses, o pagamento será em dobro, com a multa de R$ 2934,70, e suspensão da carteira.

COMPARTILHAR

Comentários