*Presentes serão entregues nesta próxima sexta-feira no CAIC

O Papai Noel vai chegar na Escola Municipal Professora Nilda Rabello Reis, no Caic, na próxima sexta-feira dia 08, às 9:00 da manhã, em uma cerimônia organizada pela Secretaria Municipal de Educação. O bom velhinho, de barbas brancas e roupa toda vermelha, é o dos Correios, que apadrinhou 700 cartinhas escritas pelos alunos.

O pedido para que a comunidade se mobilizasse para adotar as cartinhas começou em Três Pontas no dia 30 de outubro e há cerca de uma semana os presentes começaram a ser entregues à agência. A campanha que é realizada há 27 anos no Brasil tornou-se uma grande e tradicional ação social no Natal, e sensibiliza as pessoas a ajudar os mais carentes. Há cinco anos, os Correios adotam uma instituição para fazer a campanha. Uma forma melhor de verificar se realmente as crianças se encontram em situação de vulnerabilidade social. E a procura é grande e abraça a causa. Basta ler uma das cartinhas para ver a simplicidade dos pedidos e como é fácil fazer uma criança
feliz.

De acordo com o gerente dos Correios, Robson Fabiano Moreira (foto), a maioria de meninos e meninas sonham em ser presenteados com yo-yo, caixas de bombons, cestas de chocolates, roupas, materiais escolares e mochilas. Muitas empresas colaboraram adotando 30, 40 cartinhas. Outras pessoas tiraram um tempinho para passar pela agência, conhecer a história dos estudantes e se comover com uma delas.
Segundo Robson Fabiano, é uma realização pessoal dos funcionários saber que estão ajudando a fazer a alegria de uma criança. “É uma missão muito gratificante para nós. E mesmo que aumente a demanda nesta época do ano, a gente faz questão de tirar um tempo para se dedicar a este serviço”, completa o gerente dos Correios.

A expectativa da campanha é de que pelo menos 80 mil crianças sejam apadrinhadas neste Natal em todo o Estado de Minas Gerais e recebam os presentinhos. No ano passado, 80 mil cartinhas foram recebidas em Minas Gerais e 99% delas foram adotadas.

Em todo o país, mais de 459 mil pessoas participaram da campanha anterior adotando uma das mais de 836 cartinhas. Segundo os Correios, as crianças que enviam os bilhetes estão em situação de fragilidade social e são alunos da rede pública de ensino ou portadores de deficiência.

COMPARTILHAR

Comentários