O ano de 2015 ainda não começou, tudo bem que ele já “bate a nossa porta”, e a gente já faz planos para o Ano Novo. Os vargenses porém, já tem uma certeza, uma melhora significativa no atendimento da saúde da população. A Prefeitura está construindo no bairro São Luiz uma Unidade Básica de Saúde (UBS), novinha e dentro do que há de mais planejado e moderno no País. O Município tinha apenas um Centro de Saúde, que inclusive está sendo reformado e ampliado e uma unidade do Programa Saúde da Família (PSF). A atual Administração desde que assumiu a Prefeitura, busca recursos de outras esferas para conseguir dar um melhor acolhimento aos pacientes, um atendimento mais rápido e humanizado. Na zona rural uma unidade básica está sendo erguida na Comunidade do Peão.

Na cidade, o que chama a atenção e enche de orgulho o povo, por causa de uma arquitetura diferenciada, é a edificação da UBS do São Luiz, localizada abaixo do PETI. De acordo com o engenheiro responsável Luiz de Fátima Conceição, a obra é toda de estrutura metálica, o que garante o andamento mais ágil, mas exige uma equipe de profissionais especializada. A construtora Strada Sinalizações e Construções Ltda é a responsável pelo empreendimento. A contrapartida do Município foi de R$ 214,5 mil com a disponibilização da área e construção da fundação estrutural.  Os recursos da edificação da obra são R$1.136 milhão e vieram do Governo do Estado, graças a influência política do prefeito Vitor Donizeti Siqueira, o Vitor Elói (PT).

Estrutura da obra da UBS do São Luiz é diferenciada e mais rápida para ser concluida
Estrutura da obra da UBS do São Luiz é diferenciada e mais rápida para ser concluida

A UBS possui 504 metros quadrados e terá sala de espera, com recepção com dois sanitários com acessibilidade, sala de gerência, sala de reuniões, dois vestuários, sala dos agentes de saúde, consultórios odontológico e ginecológico, três salas de atendimento multiprofissional, sala de curativos, triagem, escovário, salas de guardar medicamentos, lavagem, desinfecção, esterilização, almoxarifado, depósito, apoio de endemias, copa-cozinha e deposito de material de limpeza. “É uma obra diferenciada, que ainda não existe na região, que vem de encontro ao compromisso que assumimos com a nossa população de garantir uma saúde e estrutura melhor”, afirma Vitor Elói.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano Éverton Paulo Araújo, 50% da obra está concluída, fundação, ligação de água e esgoto já foram feitas. As paredes também são de estrutura metálica e estão afixadas. Falta colocar os painéis de vidro, a cobertura e o acabamento. A previsão é que em março ela já esteja pronta para ser entregue à população. (ASCOM PMSV)

COMPARTILHAR

Comentários