[php snippet=2]

 

O vereador Francisco Fabiano Diniz (SDD), o professor Popó, foi eleito em 2012 com a bandeira em defesa dos animais. Nos últimos dias, uma orientação da Secretaria Municipal de Saúde está causando a indignação de Popó, de que os cães que moram de fora do Canil Municipal na Etióquia não podem ser mais alimentados.

Segundo ele, são 15 animais vivem a um bom tempo no local e nunca ficaram sem alimentação, inclusive em administrações anteriores nunca ficaram sem ração. “Fiquei sabendo que a ordem  partiu do secretário de saúde, [Hermógenes Vaneli], mas acredito que o prefeito Paulo Luis não está sabendo do que está acontecendo”, diz. Na avaliação dele, o caso é uma atrocidade, ainda mais que há uma veterinária que cuida dos animais e que está sendo conivente com este descaso. O legislador já enviou um ofício ao Poder Executivo pedindo explicações, mas acredita que como o prefeito tem bom coração, vai resolver esta situação.

Como a esposa do vereador é voluntária no cuidado com os cachorros, ela tem a chave do Canil e está diariamente levando ração, paga com o dinheiro do casal. O antigo zelador do local, antes de morrer fez um pedido, de que nunca deixasse de alimentar os cães.

Bastante cobrado pela população com relação ao grande número de cachorros soltos nas ruas, para Popó, a maneira que está sendo conduzida o processo de castrações, atingindo a meta de 60 ao mês e com vontade política, o projeto não parar na próxima administração dentro de 6 a 7 anos a população estará tranquila.  “Este projeto é um sonho de todo município  acredito e tenho a minha uma cota de responsabilidade  de ter conseguido. Ainda não foi da maneira que eu esperava, mas é um projeto bom para todos nós”, conclui.

[php snippet=4]

COMPARTILHAR

Comentários