* Antônio do Lázaro entregou no MP, fotos que mostram o carro oficial da Prefeitura em evento político em Nepomuceno e o caminhão pipa abastecendo obra de construtora 

Antônio Carlos de Lima (PSD), levou ao conhecimento dos colegas vereadores ações adotadas pela Administração consideradas ilegais. Por pelo menos duas vezes, Antônio do Lázaro usou a Tribuna da Câmara Municipal para atacar o Poder Executivo, condenando atitudes que são consideradas vergonhosas.

O vereador ofereceu ao Ministério nesta segunda-feira (01), representação por ato de improbidade administrativa contra o prefeito Paulo Luis Rabello (PPS). Ele enviou fotografias mostrando que o gestor está utilizando veículos do Município para interesse pessoal e enriquecimento de terceiros.

No primeiro caso denunciado, as imagens mostram que no dia 18 de julho deste, Paulo Luis teria utilizado de veículo oficial para participar de um encontro regional de seu partido político na cidade de Nepomuceno para fins de promoção de campanha eleitoral de candidato ao governo do Estado Pimenta da Veiga, apoiado por seu partido. Ele teria participado inclusive da carreata do candidato com o carro do gabinete.

Na segunda denúncia feita por Antônio Lázaro, afirma que a Prefeitura colocou um caminhão pipa a serviço de uma construtora responsável pela construção das casas do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. A obra está localizada na saída para Campos Gerais e está erguendo 316 moradias. O veículo estaria transportando água para abastecer a obra.

De acordo com a denúncia enviada ao promotor de justiça Dr. Estevan Sartorato, para que seja instaurado um inquérito civil para apurar as ações ocorridas que são consideradas atos de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da Administração Pública, qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições e que importem no enriquecimento ilícito de terceiros.

COMPARTILHAR

Comentários