O vereador Érik dos Reis Roberto (PSDB) demonstrou sua preocupação com os gastos com diárias no Poder Executivo, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (27).

Quatro dos cinco projetos da pauta, aprovados por unanimidade, fazem alterações no Orçamento de 2017 e um deles retira R$3 mil, dinheiro que seria investido na compra de equipamentos e material permanente para serem gastos com diárias na Prefeitura.

Na visão dele, a Administração precisa abrir os olhos com estes gastos. Érik soube há alguns dias que diversas pessoas da Administração viajaram para pegar uma senha de um convênio que está disponível na internet. Segundo ele, não é em todos os casos que é preciso ir a Belo Horizonte. “Muitos usam diárias para buscar recursos, outros como complemento de salário. Se já estão pedindo mais dinheiro para diárias com três meses de mandato, imagina no fim do ano”, ponderou o vereador.

Membros da Associação de Handebol acompanharam a votação do projeto

Outros projetos que passaram pelo Plenário esta semana foram aberturas de créditos de R$219.580,90 para a melhoria do sistema de saúde, aquisição de materiais de consumo, equipamentos e material permanente; R$857.887,16 para tratar da atenção básica da saúde, controle de vetores e endemias, construção de prédio para a Farmácia Municipal 2 e 3 e incentivo à reabilitação psicossocial e R$49.806,85 para manutenção da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos.

O projeto que mais fez os vereadores se manifestarem, foi do secretário da Mesa Maycon Douglas Vitor Machado (PDT) que dá o Título de Utilidade Pública Municipal à Associação Mineira de Handebol de Três Pontas.

Com sede no bairro Major Brás, a entidade exerce atividades esportivas, organiza e promove competições, fortalecendo a integração com comunidade, desenvolvendo atividades sociais, recreativas, culturais, desportivas, de caráter humanitário, serviço de convivência, fortalecimento de vínculos para criança, adolescente e adulta. A Associação está em funcionamento desde novembro de 2015, com uma diretoria atuante e voluntária.

O primeiro a se manifestar foi o autor do projeto. Maycon Machado tem acompanhado a trajetória do grupo e defendeu o trabalho que eles fazem a anos. A exemplo de outras iniciativas do vereador, os colegas o parabenizaram. Marlene Lima (PDT) disse que é preciso apoiar estas associações para que além do Município, os deputados possam ajudar.

Érik dos Reis Roberto (PSDB) lembra que a turma do handebol passaram muitas dificuldades. Quando ele foi secretário de Esportes no mandato passado conseguiu por causa da situação que assumiram a Prefeitura, ajudou pouco. Depois, com a secretária Érika dos Reis foi possível ajudar um pouco mais. O Título deverá dar mais vitalidade aos jovens que precisam de boas perspectivas no apoio ao social.

O presidente da Câmara Luis Carlos da Silva (PPS) não compareceu a reunião e Benício Baldansi (PSL), presidiu a sessão e convidou a vereadora Marlene Lima Oliveira (PDT), para ocupar a cadeira de vice. Não foi citado o motivo da ausência de Luisinho.

COMPARTILHAR

Comentários