Sérgio Silva foi escolhido presidente e Maycon Machado relator da Comissão Especial de Investigação

 

Os vereadores da Câmara Municipal de Três Pontas deram posse ao prefeito Marcelo Chaves Garcia, em sessão na noite desta segunda-feira (29), mas na pauta de votações aprovaram a criação de uma Comissão Especial de Investigação (CEI), que visa apurar a ocorrência de atos de improbidade administrativa por parte do Poder Executivo, que importaram em eventual enriquecimento ilícito, objeto de investigação pelo Ministério Público, através da Operação Trem Fantasma.

A iniciativa partiu do vereador Sérgio Eugênio Silva (PPS), mas ganhou a adesão de colegas inclusive da base do governo, sendo Érik dos Reis Roberto (PSDB), Maycon Douglas Vitor Machado (PDT), Donizetti Benício Baldansi (PSL), Geraldo José Prado (PSD) e Marlene Rosa Lima Oliveira (PDT).

Sérgio pediu apoio dos parlamentares para que o Poder Legislativo dê uma resposta à sociedade, demonstrando que eles estão atentos e esclarecendo os fatos, fazendo uma investigação paralela.

José Geraldo Prado “Coelho” também defende que a Câmara deve uma satisfação à população, a este fato triste que repercutiu de forma negativa.

Aprovado por unanimidade, o presidente Luis Carlos da Silva imediatamente pediu que fosse formada a CEI de acordo com a representação partidária. São cinco membros ficando assim a formação: Coelho (PSD), Sérgio (PPS), Popó (PSL), Maycon (PDT) e Érik (PSDB). O presidente foi eleito Sérgio Silva e o relator Maycon Machado.

Informações da redução da carga horária

Foram mais quatro projetos do Executivo votados e todos aprovados. Além de um Requerimento de autoria de Sérgio Silva que requerer informações e documentos sobre a redução de carga horária de servidores. O problema é que somente algumas categorias foram beneficiadas e gerou a insatisfação dos funcionários. Eles chegaram a se reunirem com os parlamentares solicitando a intervenção do Poder Legislativo. Em forma de Requerimento, o vereador quer saber dos decretos e a discriminação das categorias beneficiadas, bem como as alterações salariais.

Semana de Conscientização do Autismo

Uma proposta apresentada pelo vereador Maycon Machado, institui no calendário oficial do município de Três Pontas a “Semana Municipal de Conscientização do Autismo”, ser comemorada na primeira semana de abril. A finalidade é promover neste período, campanhas publicitárias, institucionais, seminários, palestras e cursos sobre a síndrome do autismo. Maycon é professor na Apae de Varginha e soube que aqui não havia a comemoração e ela é fundamental para conscientizar a comunidade. Com o autor assinaram o projeto de lei, Marlene Lima e Luis Carlos.

Câmara autorizada a contratar transporte para o PJ

O Plenário validou a iniciativa em utilizar recursos da Câmara que já estão destinados ao Parlamento Jovem, para custear despesas de viagens dos jovens, aprovando um Projeto de Resolução. O recurso já está no Orçamento e precisava de autorização legislativa para ser usado. São no máximo cinco viagens, entre elas para as etapas regional e estadual das Plenárias.

Na opinião de Érik dos Reis, o translado poderia ser feito pela Prefeitura. Já Coelho defendeu o investimento no projeto. Tem muito dinheiro que vai para o ralo e neste caso está se investindo na formação cidadã. Já Antônio do Lázaro, que sempre foi um crítico ferrenho ao Parlamento Jovem parabenizou o trabalho do colega Maycon Machado, disse não ter nada contra ele, mas antecipou que votaria contrário. Aprovado, o projeto teve os votos contrários de Érik, Antônio e Robertinho.

Apoio às fanfarras das escolas

A Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo vai conceder um auxilio financeiro às fanfarras das escolas – Coração de Jesus, Presidente Tancredo Neves e Deputado Teodósio Bandeira, que participam das comemorações do aniversário de emancipação político administrativo de Três Pontas, no dia 03 de julho deste ano. Cada uma receberá R$1,5 mil.

Vereadores defendem protesto dos caminhoneiros

O protesto dos caminhoneiros em todo o Brasil, repercutiu na sessão da Câmara desta semana. Os parlamentares defenderam o movimento que parou todo país, mas trouxe graves consequências para a população. O secretário da Mesa Diretora Maycon Machado enfatizou que a Igreja está apoiando a manifestação. Uma missa foi celebrada por padre Ednaldo Barbosa, no trevo da BR 265 em Santana da Vargem em apoio aos profissionais. Maycon parabenizou as pastorais e movimentos que trabalharam voluntariamente na Quermesse da Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda. Foram 10 dias de muito trabalho e agora, as atenções se voltam às outras comemorações como as quermesses da Vila Vicentina, Paróquias D’Aparecida e Cristo Redentor. ” A gente espera que a arrecadação destas quermesses contribua para a manutenção e obras nas comunidades”, refletiu o vereador.

Marlene Lima aplaudiu a iniciativa e disse que os caminhoneiros tem que continuar até alcançarem seus objetivos. Porém, ele demonstrou repúdio aos comerciantes que aproveitaram da situação e aumentaram os preços. “É uma falta de respeito com o povo e as pessoas devem procurar o Procon”, alertou.

Érik dos Reis se solidarizou com os irmãos caminhoneiros. Ele enfatiza que foi necessário brigar pelo preço do óleo diesel para abrir os olhos de todo o país.

Antônio do Lázaro disse que é a favor de corpo e alma da classe e apesar de trazer tantos transtornos é só assim que o governo enxerga e pode atender as reivindicações.

Coelho diz ser favorável a greve, apesar dela estar sendo patrocinada por empresários e quem paga a conta é o povo, que sofre com o desabastecimento de muitos produtos. 

Postagem de ex-prefeito pegou mal

Uma postagem em uma rede social feita logo após a renúncia do ex-prefeito Dr. Luiz Roberto Laurindo Dias, pegou mal na opinião de alguns vereadores. Junto com a família, seus filhos teriam postado no facebook que eles tinham profissão, estavam com os boletos bancários pagos e não devia satisfação a ninguém. Marlene diz que apesar da família ter demonstrado alívio, não pegou bem, para quem sempre aparentou ser uma pessoa boa e foi eleita com mais de 20 mil votos.

Sérgio acrescentou que mostrar a língua na foto, foi o mesmo que dar uma banana para o trespontano, que o acolheu também bem aqui e lhe confiou uma votação tão expressiva. Na opinião dele, Luiz Roberto tomou a atitude certa ao renunciar. Ele não tinha mais condições psicológicas de continuar no cargo. Segundo ele, o ex prefeito foi fiel com compromissos de campanha e acabou sofrendo com isso.

Já Coelho disse que tem Dr. Luiz Roberto como amigo do coração e que não tem nada contra ele, mas que ele errou demais, desde a escolha de seu secretariado e por não escutar outras pessoas de bem. Ele mesmo disse que cobrava demais o ex gestor e foi mal interpretado por isto.

COMPARTILHAR

Comentários