Os vereadores voltaram ao batente na última quinta-feira (11), com pouco trabalho. O início do ano legislativo, na primeira sessão de 2016, contou nesta primeira sessão com três itens na pauta de votações, poucas polêmicas e velhos assuntos. Alguns ainda do início do mandato, outros que encerraram o ano de 2015.

No Pequeno Expediente, o vereador José Henrique Portugal (PMDB), voltou a afagar o colega petista Francisco Botrel Azarias. Tudo isto para comentar que a obra de construção da terceira pista na MG 167, no trecho entre Três Pontas e Varginha, nunca esteve tão próximo de acontecer como agora, graças segundo o peemedebista, a deputada Geisa Teixeira (PT) e o governador de Minas Gerais Fernando Pimentel. Pela primeira vez, Portugal comentou que há alguns anos por pouco não perdeu a vida neste trecho.

As vereadoras Alessandra Vitar Sudério Penha e Valeria Evangelista ambas do PPS parabenizaram o Poder Executivo, em especial ao vice prefeito e secretário municipal de educação Érik dos Reis Roberto (PSDB) pela obra na Escola Edna de Abreu. O estabelecimento educacional ganhou oito salas de aulas, biblioteca, secretaria, além de sanitários com acessibilidade. Para Alessandra, é demonstração de uma boa gestão. Para Valéria Evangelista é preciso registrar as boas ações realizadas em favor da população.

Outros assuntos comentados pelas vereadoras foi a pavimentação da quadra poliesportiva do bairro Aristides Vieira, na Praça São Cristóvão. De acordo com Alessandra, desde 2010, esta é uma luta dela em favor da comunidade. A areia foi retirada e um dreno foi feito no meio da quadra que ficou aberto até poucos dias atrás, quando a Secretaria de Esportes providenciou a pavimentação do espaço. Na visão dela, quem foi enganado foram os moradores e agora estão comemorando.

Valerinha também registrou os cumprimentos à Secretaria de Cultura, Lazer e Turismo pela organização do Carnaval 2016. Por fim, anunciou que todas as escolas estaduais de Três Pontas irão receber recursos do Governo do Estado, através do Programa Escola Sustentável. A maioria delas escolheram investir o dinheiro em manutenção dos imóveis. São elas – Monsenhor João Batista da Silveira (R$35.936,44), Professora Maria Augusta Vieira Correa (R$19.762,86), Cônego José Maria (R$34.742,65), Professora Marieta Castro (R$41.639,26), Presidente Tancredo Neves (R$50.465,54), Prefeito Jacy Junqueira Gazola (R$58.616,87) e Deputado Teodósio Bandeira (R$65.677,89).

O vereador Francisco Botrel Azarias registrou a viagem que ele fez junto com o presidente da Câmara Luis Carlos da Silva (PPS), para a entrega de dois veículos para a Secretaria Municipal de Saúde. Os veículos chegaram por indicação dos deputados estaduais Geisa Teixeira (PT) e Tiago Cota (PPS), atendendo a pedido dos vereadores. Ele esclareceu que eles não foram acompanhar o prefeito, porque tinham convites para participar da cerimônia de entrega em São Sebastião do Paraíso, realizada com a presença do governador Fernando Pimentel.

PAUTA COM TRÊS ÍTENS

Um projeto de lei do Executivo e duas Moções de Aplausos foram aprovados por unanimidade, nesta sessão que contou com a presença de todos os legisladores.

No primeiro, a Câmara autorizou o Poder Executivo a alugar por 24 meses, um imóvel, que precisa ter no mínimo 90 metros quadrados e custar R$1,5 mil. O prédio será colocado em processo licitatório para ser ocupado por uma empresa que vencer a disputa, de acordo com a lei de licitações.

No segundo ítem, os vereadores elogiaram antes de votarem uma Moção de Aplausos ao padre Mateus Arantes, vigário da Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda, pelos trabalhos realizados a frente da Comissão Organizadora para a beatificação de Padre Victor, em 14 de novembro do ano passado.

Quem também vai receber uma Moção é o médico do trabalho e ortopedista Dr. Gilberto Ximenes Abreu, pelos relevantes serviços prestados pela MedTrês – Medicina e Segurança do Trabalho. Luis Carlos da Silva que é autor das duas propostas, explicou que a empresa banca uma Campanha de combate ao câncer de próstata.

COMPARTILHAR

Comentários