Quatro pessoas ficaram feridas nesta terça-feira (12), depois de se envolverem em acidentes registrados pela Polícia Militar de Três Pontas e a Polícia Militar Rodoviária Estadual.

O primeiro caso foi envolvendo dois veículos oficiais, da Prefeitura e do Saae. Por volta das 14:30, próxima da Fazenda Sete Cachoeiras, o motorista da Prefeitura seguia em um caminhão que pertence ao Município, sentido a rodovia MG 167. Quando entrou em uma curva, o veículo derrapou e bateu de frente em uma caminhonete do SAAE, que trafegava sentido contrário. Um servidor que estava de passageiro na caminhonete da autarquia sofreu pequenas lesões, foi atendido no Pronto Atendimento Municipal do Hospital Bom Pastor de Varginha e em seguida liberado.

Meia hora depois, um trabalhador rural de 41 anos que mora no bairro Santa Margarida, sofreu ferimentos graves. Ele seguia pela rodovia MG 167, de Santana da Vargem para Três Pontas, quando ele perdeu o controle da direção e tombou da motocicleta. Chovia muito forte na hora do acidente. Ele foi socorrido por pessoas que passavam pelo local para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) e em seguida foi transferido para o Hospital São Francisco de Assis onde passou por cirurgia. Ele não possui carteira de habilitação.

Os barulhos do giroflex da viatura da polícia chamou a atenção dos moradores durante uma perseguição policial. Uma guarnição da PM fazia patrulhamento pelo bairro Jardim Boa Vista, quando avistou uma motocicleta de trilha com dois ocupantes. Quando o condutor viu a viatura, empreendeu fuga e passou por diversas ruas do bairro em alta velocidade, colocando em risco outros motoristas e pedestres. Eles foram perseguidos pelos policiais militares e não desistiram fácil.

Em determinado momento, o passageiro da moto saltou do veiculo e tentou fugir a pé, mas foi contido pelos militares em frente a casa do condutor, que tentava esconder a motocicleta dentro de sua casa. A moto foi apreendida, mas os militares não conseguiram multá-lo, já que o veículo foi adquirido em leilão e não havia mais registro dele no Detran-MG. A mãe do condutor apresentou a nota fiscal de compra da motocicleta. Ele foi liberado e orientado a comparecer na Delegacia de Polícia Civil de Três Pontas.

No bairro Vila Rica, um motociclista de 55 anos estava com sua filha de 15 anos na garupa, trafegando na Avenida Maria da Conceição Queiroz Marinho, quando foi surpreendido por um Corcel no sentido contrário. O condutor do automóvel de 35 anos invadiu a contramão e derrubou pai e filha. O motociclista sofreu lesões graves e fratura exposta na perna esquerda. Já a menina também feriu a mesma perna.

Ambos foram socorridos pelo SAMU para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) e até a publicação da reportagem permaneciam em observação. O condutor do carro afirmou que havia feito o uso de bebida alcoólica, cerveja e cachaça e, estava visivelmente embriagado. Depois foi submetido ao teste do bafômetro no Quartel da Polícia Militar, onde foi constatado a embriaguez. O motorista foi multado, teve o veículo apreendido, foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Varginha.

COMPARTILHAR