Fotos: Denis Pereira - Equipe Positiva

 

A segunda noite do Auto de Natal nesta sexta-feira (13), trouxe novamente grande emoção para o público que prestigiou as atrações natalinas, na Praça Cônego Vitor, em Três Pontas.

As canções remeteram a reflexão do ano que se termina e a renovação de boas expectativas para 2020. Como antecipado pelo secretário de Cultura, Lazer e Turismo, Alex Tiso Chaves, a festa natalina focou na participação dos artistas trespontanos e todos os recursos também são da própria secretaria.

A comemoração foi aberta pelo coral infantil “Trenzinho Caipira”, formado a mais de 10 anos, dentro do Conservatório Municipal de Música Heitor Villa Lobos, tem crianças de 4 a 10 anos e estilos variados em seu repertório. Nas cadeiras que estavam reservadas ao público, vários pais e familiares acompanharam mais uma vez, a performance das crianças.

O projeto Arte Cotidiana ensaiou sua garotada com entusiasmo e, ao subirem no palco mais uma vez no Auto de Natal, comemoraram mais um ano vitorioso, com a certeza de que o projeto social da Paróquia Nossa Senhora das Graças tiveram objetivos alcançados. Por isto, a turma toda quis participar – crianças e adolescentes, no Coral ou no Batuque forte e marcante.

Em seguida, convidados especiais foram anunciados. As Meninas Cantoras de Lavras, com 12 anos de estrada, regidas pelo maestro José Maciel, priorizaram as canções da época, como “A Paz” e Noite Feliz, gravada por um incontável número de cantores, de todos os gêneros musicais.

A espera do Auto de Natal desta noite foi o Tritony Violin Trio, grupo carioca, liderado pela musicista trespontana Daiana Mazza. Ao lado de Marina Andrade e a DJ Scarlet, elas demonstraram que com os violinos é possível recriar muitas tão conhecidas, que leva as pessoas a outro mundo, sem perder a conexão com suas versões originais. Elas fazem “milagre” com os violinos elétricos e apresentaram parte do show que fizeram no Rock in Rio.

E apesar de estar acostumada a subir em palcos consagrados de todo o Brasil, Daiana estava toda satisfeita por se apresentar pela primeira vez em sua casa, para seus familiares e amigos que a viram crescer no bairro Botafogo. “Trazer para Três Pontas, este show que a gente tem sido muito bem recebida, como muito carinho, em todos os lugares do Brasil, foi uma honra muito grande e a energia foi uma das melhores que a gente já recebeu”, comemorou a artista.

Daiana sempre vem a Três Pontas, comer o pão de queijo da Dona Maura, a sua mãe. Ela é casada com Nani Palmeira, que é musico e produtor musical, e tem dois filhos – a Cecília 10 anos e Miguel 12 anos. E se depender dos pais eles serão artistas.

Segundo ela, as pessoas tem se convencido cada vez mais, que o violino pode ser a estrela do show. As pessoas tem recebido isto muito bem e sido as vozes do show. E não há outros motivos, a não ser a felicidade e a realização pessoal de Daiana. Ela concluiu, desejando que todos os seus conterrâneos tenham um fim de ano muito especial e que tudo de bom se multiplique no próximo ano.

E para demonstrar o poder do violino, Daiana, Marina e a DJ Scarlet terminaram o show com “Aleluia”, mas antes passou por um pot-pourri de Iza e várias canções do rock internacional conhecidíssimos no mundo.

Papai Noel chega hoje

Casinha do Papai Noel está pronta para recebê-lo esta noite e mais bonita

O Auto de Natal começa hoje, também as 19:30. Primeiro tem o grupo teatral Artimanha. Depois o público poderá apreciar a Bombeiros Instrumental Orquestra Show – a BIOS do Corpo de Bombeiros. Em seguida tem a tão esperada chegada do Papai Noel, a entrega da premiação do Concurso de Fotografias e o show “Sons de Minas” do grupo “Morena”, concluirá a festa de Natal em Três Pontas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here