A Polícia Militar de Três Pontas foi alvo mais uma vez de elogios. É que a Base de Segurança Comunitária (BSC) da 151ª Companhia, ficou posicionada em primeiro lugar dentre as 214 BSC de todo Estado, em relação ao desempenho operacional em junho deste ano, conforme os indicadores que estão especificados no Caderno Metodológico de Indicadores e Metas da PMMG.

Os números mostraram os resultados:

Indicador de Boletins de Ocorrência: 7°
Taxa de Reação aos Crimes e Contravenções: 21°
Indicador Qualificado de Furto: 12°
Indicador de Visitas Comunitárias: 34°
Indicador de Reunião Comunitária: 46°
Indicador de Ação Cívico Social: 8°

Em solenidade na sede da Companhia na manhã desta terça-feira (25), reservada aos militares, o comando regional reconheceu publicamente o empenho dos militares que atuam na cidade de Três Pontas.

O 1º Tenente Maycon Saturnino Neves, oficial que comanda o setor ao qual a BSC de Três Pontas atua, disse que acompanha diariamente o trabalho que vem sendo prestado pelos militares da Base, bem como as demandas de cada militar e as necessidades para melhor desempenhar suas funções. O militar acredita que o foco comunitário, é algo que a polícia tem em sua essência, sendo elemento fundamental de integração entre a comunidade e a polícia.

Já o Sub-Tenente Marcos Vinício de Faria, relatou que o canal de proximidade propiciado pela Base Comunitária, estimula a interação e aumenta os vínculos de confiança com a comunidade ordeira, gerando rapidez no fluxo de informações, com oportunidade e em tempo hábil para o desfecho, com êxito, das mais variadas atividades policiais, tanto preventivas como repressivas.

A Base de Segurança Comunitária foi entregue em Três Pontas durante cerimônia de inauguração do Centro Especializado em Reabilitação (CER II), na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), em julho de 2019. Junto com a BSC, chegaram duas motocicletas zero km e trouxe na cidade, o então o comandante geral da Polícia Militar de Minas Gerais, Coronel Giovane Gomes da Silva.

Serviço consolidado à prevenção

A Base de Segurança Comunitária, é um serviço de prevenção criminal, orientado para o problema, prestado pela Polícia Militar, com o apoio e participação da comunidade. No mesmo sentido, ela se consolidou em Minas Gerais a partir do programa “Mais Segurança” do governo do Estado, com o foco especial na setorização do policiamento como estratégia de segurança pública preventiva, cujo procedimento consiste em organizar o ambiente e o espaço de atuação através da proximidade e interação com a comunidade em atenção aos problemas que afetam a qualidade de vida dos moradores.

A Polícia Militar de Minas Gerais vem desenvolvendo e aprimorando seus processos com o objetivo de otimizar o seu desempenho nas diversas áreas de gestão, como forma de garantir a melhoria contínua na prestação de serviços à sociedade, conforme previsto no Plano Estratégico 2020-2023, projeto da Base de Segurança Comunitária.

Um processo que se mostrou efetivo na melhoria da produtividade foi a aferição dos resultados, por meio da Gestão do Desempenho Operacional (GDO). As Bases Comunitárias também serão avaliadas por metodologia de indicadores e metas, com o objetivo de melhorar o serviço prestado para a comunidade. Os quesitos a serem avaliados, as metas estipuladas, bem como a forma de apuração estão descritos no Caderno Metodológico de Indicadores e Metas das Bases Comunitárias. (Fonte/Fotos: Assessoria de Comunicação Organizacional 151ª Cia PM)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here