Vereadores foram ao gabinete do prefeito entregar ofício, que materializa devolução de dinheiro que sobrou no Legislativo. Fotos: Equipe Positiva

 

A Câmara Municipal convocou os vereadores para uma sessão extraordinária na manhã desta segunda-feira (30), no Plenário Presidente Tancredo Neves. Atendendo a um pedido do Poder Executivo para a votação de um projeto em caráter de urgência, os parlamentares tiveram na pauta, apenas o projeto de lei 124 de 26 de dezembro que altera o Plano Plurianual e o Orçamento, fazendo uma abertura de crédito adicional especial, no valor de R$1.000.000,00, vindo de emenda parlamentar do deputado estadual Mário Henrique “Caixa” (PV), que será repassado ao Hospital São Francisco de Assis. O recurso só não pode ser utilizado para gasto com pessoal.

Os vereadores não discutiram o projeto. Apenas o vereador vice presidente da Câmara, Antônio Carlos de Lima (PSD), pediu o envio de um ofício de agradecimento ao deputado trespontano, reconhecendo mais uma vez o empenho de seu mandato, a favor de seus conterrâneos.

A sessão durou apenas 9 minutos. Antes de concluir, o presidente vereador Maycon Douglas Vitor Machado (PDT), anunciou que o Poder Legislativo está devolvendo ao Executivo, o montante de R$1.100.420,22. Ele convidou a todos os colegas para ir até o gabinete do prefeito Marcelo Chaves (MDB) fazer a entrega do ofício, que registra o ato e menciona o recorde de economia promovida pelo Legislativo trespontano ao longo deste ano de  2019.

O recesso parlamentar termina somente em 03 de fevereiro de 2020, quando o Poder Legislativo retorna às reuniões ordinárias.

Prefeito recebe mais de R$1 milhão da Câmara e sugere ajudar Escola Jacy Gazola

O prefeito Marcelo Chaves recebeu os vereadores, com exceção de Roberto Donizetti Cardoso (PP) e Francisco Fabiano Diniz Júnior (PSL), todos falaram com o gestor. Maycon Machado mostrou o ofício ao Chefe do Executivo com os dados contábeis. Depois, ouviram os agradecimentos do prefeito pelo apoio que deram à sua gestão neste ano, votando os projetos de forma consciente e não politicamente. Marcelo revela que as ponderações feitas por eles são fundamentais para orientar o Executivo a não errar.

Demonstrando felicidade por conseguir fechar o ano desta maneira, com a situação financeira razoável, o gestor credita o bom resultado a um trabalho feito de parcerias. “Podem contar comigo. Independente de qualquer coisa, respeito a todos e o nosso objetivo é trabalhar para o povo”, reforça Marcelo Chaves.

Na conversa com os vereadores, ele sugeriu que utilize parte deste recurso de R$1.100.420,22 que está sendo devolvido, na construção de um novo refeitório na Escola Estadual Prefeito Jacy Junqueira Gazola. Alunos estão tendo que se alimentar em pé ou assentados nos corredores. Ao visitar o estabelecimento educacional de ensino na manhãzinha desta segunda-feira e ouvir o pedido dos diretores, ficou incomodado com o problema que estão enfrentando. Sem falar que até alimentos da dispensa estão sendo perdidos por causa do local onde estão sendo armazenados.

Segundo Marcelo Chaves, a obra não é tão barata, vai custar em média R$250 mil mas o Município não pode fugir da responsabilidade. A intenção dele é que o dinheiro seja repassado à Escola Jacy Gazola, para que tome conta do recurso, agilize a melhoria neste período de férias, já que pelo setor público municipal isto demandaria bastante tempo por causa dos tramites burocráticos.

Diante da afirmativa dos vereadores pelo auxílio à escola, ele concluiu que é necessário fazer um convênio com o Estado e depois deverá ser enviado um projeto de lei à Câmara que deve ser votado também caráter de urgência, para que seja autorizada a transação, após a confecção de um projeto arquitetônico com os gastos da construção do refeitório.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here