A Câmara Municipal realizou sessão ordinária na noite desta segunda-feira (12) e aprovou 5 projetos, sendo 3 deles com o pedido de votação em caráter de urgência, inclusos na pauta após o pedido do vice presidente da Câmara, o vereador Antônio Carlos de Lima (Antônio do Lázaro – PSD). A grande maioria dos vereadores, comentou durante o Pequeno Expediente, as perdas que houveram durante esta semana – dos trespontanos que acabaram perdendo a vida para a Covid-19. Destaque para as condolências à família do professor e ex-vereador e presidente da Câmara, Mário Fernandes de Carvalho.

Antes disso, o presidente da Câmara, vereador Maycon Douglas Vitor Machado (PDT), entregou homenagem à servidora Nídia dos Santos Xavier, que se aposentou. A portaria que oficializa sua saída em definitivo foi assinada nesta segunda-feira. Nídia recebeu um Diploma e uma lembrança dos companheiros de trabalho.

Pequeno Expediente

O vereador Luciano Reis Diniz (PV), falou de alguns pedidos feitos por ele em nome da população que foram atendidos e enalteceu a obra de asfaltamento da estrada do “Foguetinho”, que segundo ele vai trazer desenvolvimento para o município, tirar o trânsito de veículos pesados do perímetro urbano, principalmente da região central e garantir um lugar para o esporte, como a prática da caminhada e ciclismo.

A vereadora Maria Selena Silva (Selena Caté – PSD), pediu que a Secretaria Municipal de Saúde coloque mais um médico para atender aos pacientes do posto de Saúde do bairro Santa Edwirges e a limpeza no final da Rua 5 do bairro Meia Pataca.

O vereador Paulo Vitor da Silva (PP), também falou de limpeza. Ele pediu a ação em um terreno cheio de entulho, que pertence a Prefeitura, na Rua João de Almeida Ferrão, onde crianças encontraram mais de 30 escorpiões. Ele entende que é a população quem joga, mas não conforma que coisas deste tipo precisam ser levadas ao Plenário. Paulinho também reclamou da falta de iluminação no Cemitério Municipal e classificou como um descaso do poder público. Por causa da pandemia, muitos sepultamentos estão sendo realizados a noite e a iluminação do local está precária. Sorte tem sido os celulares das pessoas.

O vereador Roberto Donizetti Cardoso (DEM), voltou a cobrar a iluminação na Praça José de Anchieta, no bairro Ponte Alta, que está muito ruim e deixando o espaço usado por crianças no parquinho uma escuridão e ainda colocando em risco a segurança de quem passa no local.

Quem mostrou sua insatisfação com a Administração foi o vereador José Geraldo Prado (Coelho – PSD). Ele começou falando da obra de construção da Praça no Jardim Boa Vista que está parada e abandonada, servindo como ponto de usuários de drogas e depois falou do mato alto no Aeroporto Municipal, local que é usado para caminhadas. Depois, Coelho reclamou do tratamento que está recebendo do Executivo, pediu mais respeito, do prefeito e dos secretários. Ele diz que não vai ficar mais se humilhando e nem vai aceitar que as pessoas façam isso, para resolver questões corriqueiras e básicas, que não estão sendo resolvidas e tirando Coelho do sério.

O vereador secretário da Mesa Diretora Luan Donizeti Elias (Luan do Quilombo – PDT), pediu atenção à estrada de Três Pontas a Campos Gerais, passando pela região da Boa Vista dos Campos. Moradores estão reclamando da situação da via. Ele registrou em sua fala, a entrega dos capacetes que serão usados em pacientes que tratam da Covid-19, que chegaram através das mãos do ex-vereador João Victor Mendes de Gomes e Mendonça, por intermédio do deputado federal Diego Andrade (PSD-MG), que fez a doação.

Luan parabenizou mais um trabalho da Polícia Civil, que na última semana, encontrou um veículo usado em um assalto fazendo refém um trespontano e a recuperação de vários materiais e equipamentos levados de um sítio na zona rural. As duas ações foram em poucas horas, demonstração da dedicação, competência e compromisso que a Polícia Civil tem com a comunidade e os cidadãos de bem.

O secretário da Mesa fez um apelo ao governador Romeu Zema (Novo), para que ele dê a autonomia aos estados e municípios sobre o funcionamento do comércio na onda roxa. Na visão de Luan, Zema precisa rever seus decretos, pois são os prefeitos que estão na cidade e sabem onde estão os problemas. É que ele não concorda, que lojas, academias, entre outros estabelecimentos estejam causando a proliferação do vírus. O problema está nas pessoas, que ele vê assentadas o dia todo nas praças e sem máscara.

O presidente do Poder Legislativo Maycon Machado, comentou que assistiu a live que a Equipe Positiva fez de um incêndio em uma casa no Centro e percebeu que no vídeo e nos comentários dos internautas as pessoas questionavam a falta de roupas e equipamentos para que os servidores do caminhão pipa utilizem neste tipo de atendimento. Apesar de não ser o objetivo, o caminhão faz o primeiro combate em casos como este até a chegada do Corpo de Bombeiros. Maycon sugeriu ao Poder Executivo, que melhore as condições de trabalho dos servidores e ofereça um treinamento para eles.

Reunião suspensa antes da pauta

 

Maycon já havia suspendido a reunião para homenagear a servidora aposentada Nídia Xavier e depois fez isto novamente, atendendo a um pedido do vereador Sérgio Eugênio Silva (Cidadania), por causa da inclusão de três projetos que faltavam para ser mais analisados e chegaram com o pedido de votação com urgência.

Foi no próprio Plenário que os vereadores se juntaram, em frente a Mesa Diretora para analisar as propostas. Por conta da inserção, Maycon inverteu a ordem de votação e votou os projetos que foram inseridos. Apesar de apenas o vereador Robertinho votar contrário para a inclusão de um dos ítens, a insatisfação quanto a urgência que a Administração quer justificar não foi aceita pelos vereadores – Paulinho, Robertinho e Sérgio.

As propostas são duas do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). Uma abertura de crédito adicional suplementar, no valor de R$55 mil, ou seja, o remanejamento deste valor, para fazer a contratação de empresa para fornecimento de asfalto quente, prestação de serviço de solda e torno e demais serviços necessários na operacionalização e manutenção do sistema de água.

O outro é fazer um aditivo financeiro no valor de R$97,5 mil, na obra de rede coletora de esgoto do Córrego dos Bambus, na Avenida Oswaldo Cruz. O projeto foi aprovado, mas recebeu críticas de alguns vereadores. Eles criticaram principalmente a demora no serviço. Coelho afirmou que a empresa não tem capacidade para assumir o trabalho que pegou e por isso obra está demorando tanto. Paulinho focou nos transtornos incalculáveis que a obra trouxe para moradores e comerciantes. Ele também diz que um tipo de projeto desta natureza, não cabe na justificativa de urgência e sim da incapacidade.

Maycon antes de colocar em votação, disse que o projeto acompanha um rico e detalhado relatório técnico, que justificativa a necessidade de se colocar mais recurso na obra. A proposta foi aprovada por unanimidade.

A obra de retirada do esgoto que é despejado, na Avenida Oswaldo, começou em julho do ano passado. O investimento já foi de R$1.156.702,08, de recursos próprios da autarquia.

Por ultimo desta sequência, teve um outro projeto, que suplementa R$195.442,37, para ser destinado ao recapeamento de vias urbanas no Município, por causa do acréscimo de contrapartida junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional e a aquisição de equipamentos diversos para otimizar as Secretarias de Administração e Fazenda.

Voltando a seguir a pauta divulgada anteriormente, os vereadores não votaram o projeto do Executivo, que cria o Programa Municipal de Incentivo Industrial, que amplia os incentivos para atrair novas empresas para aportar em Três Pontas. Sérgio Silva pediu vistas, nas deixou claro que mais uma semana não irá prejudicar os objetivos da Administração.

Os parlamentares seguiram então votando, o projeto de lei do vereador Maycon Machado, que dá nome a uma via do bairro Olavo Lima, de “Rua Sebastião Lopes de Andrade” e o projeto de Decreto Legislativo concedendo o Título de Cidadania Honorária Trespontana a Patrícia Gomes da Silva. Ele é professora universitária na Fateps e é natural de Campanha (MG).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here