Os vereadores da Câmara Municipal comentaram no Pequeno Expediente da sessão ordinária desta semana realizada na quarta-feira (04), por causa do feriado de Finados, o tratamento que a blogueira Mariana Ferrer teve durante o julgamento do empresário André de Camargo Aranha, acusado de estuprar a jovem, que na época tinha 21 anos em Santa Catarina.

A declaração do promotor de justiça, que a vítima não estava em condições de dar consentimento à relação sexual e a conclusão dele, que não existiu o dolo, a intenção de estuprar, causou revolta no Brasil inteiro. A decisão dele está sendo chamada de estupro culposo. Quase todos os vereadores que falaram na Tribuna, demonstraram a indignação. A única mulher com cadeira no Poder Legislativo, pediu que seja enviado nota de repúdio a Santa Catarina.

Falando do cotidiano trespontano, o vereador Roberto Donizetti Cardoso (DEM), reclamou que o Campo de Futebol do Distrito do Quilombo Nossa Senhora do Rosário, está servindo para abrigar cavalos. Ele retirou fotos que mostram os animais se alimentando, em tratadores de plástico instalados nos campos, inclusive no society. Robertinho disse que é inadmissível, usar o Campo, um espaço público recentemente revitalizado para esta finalidade.

O vereador Geraldo José Prado (Coelho – PSD), comentou sobre a colocação das grades de proteção no córrego que divide a Avenida Oswaldo Cruz. Para fazer justiça, mencionou o nome dos 5 vereadores que se juntaram e destinaram suas emendas impositivas, à melhoria que foi feita com a contribuição dos parlamentares.

Sobre a obra de retirada do esgoto da Avenida Oswaldo Cruz, Coelho pediu paciência pelo incômodo aos moradores e comerciantes, pois é uma obra importantíssima, que vai beneficiar a vários bairros.

Coelho também falou que viu os comentários que as pessoas postaram em redes sociais este fim de semana, depois da multidão e barulho de pessoas que se aglomeraram na “Avenida”. Na visão dele, foi bem diferente, de quando havia gente bebendo na porta de sua conveniência na Avenida Ipiranga, sem poder fazer nada por estarem na rua. Isto porque ele é político e acabam misturando as coisas.

O vereador Sérgio Eugênio Silva (Cidadania) fez questão de mencionar que ele está na lista de vereadores que destinaram emendas para a colocação das grades na Avenida e que fica feliz por ter participado, pois deveria ter sido feito a muitos anos.

O vice presidente da Câmara Antônio Carlos de Lima (Antônio do Lázaro – PSD), divulgou que já foi licitado a obra de asfaltamento de 2 quilômetros e 100 metros, da estrada Dr. Glimaldo Paiva, trecho entre a Escola Agrícola e o Distrito do Quilombo Nossa Senhora do Rosário.

Dois projetos urgentes

A pauta de votação foi formada por dois projetos do Poder Executivo, que tinha o pedido de votação em caráter de urgência. Um deles já estava na chamada “Ordem do Dia” e o outro foi incluso atendendo o pedido do vereador Antônio do Lázaro. São duas aberturas de créditos adicionais suplementares que cumprem questões burocráticas e por isto, dificilmente geram discussões.

O que já estava na pauta, é o recebimento de R$ 295 mil vindos do Governo do Estado de Minas Gerais, especificamente da Secretaria Estadual de Saúde para o enfrentamento da Covid-19, sendo que R$ 200 mil está-se anulando de outros locais do Orçamento, para a compra de um veículo no valor de R$55 mil e o restante para várias despesas de manutenção da Secretaria de Saúde, totalizando R$495 mil.

O outro projeto inserido, é a destinação de R$131 mil para a Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis. O montante é uma contrapartida obrigatória que o Município precisa fazer dos recursos que são enviados pelo Governo do Estado através do Pró-Hosp. Ambos os projetos foram aprovados por unanimidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here