A Câmara Municipal realizou a sua sessão ordinária desta semana na noite desta quinta-feira (15), já que segunda-feira, dia naturalmente da reunião foi feriado do Dia de Nossa Senhora Aparecida. Com a ausência do vice presidente da Câmara, Antônio Carlos de Lima (Antônio do Lázaro – PSD), o vereador Luiz Flávio Floriano (Flavão – PDT), ocupou a cadeira.

No dia do professor, o vereador Érik dos Reis Roberto (PDT), que é um profissional da educação parabenizou os colegas, incluindo os colegas de Câmara e disse que ser professor é um sacerdócio que contribui com a vida das pessoas. Ele aproveitou para divulgar que o município avançou no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), indicador que mede a qualidade do ensino nas escolas públicas. Érik que foi secretário de Educação entre 2013/2016, mencionou que é resultado da sua gestão que investiu na base, com valorização do profissional, aquisição de material didático de escola particular e melhoria da estrutura para receber e atender aos alunos.

O vereador Roberto Donizetti Cardoso (DEM), reclamou dos animais soltos nas ruas e avenidas colocando em risco motoristas e pedestres. Ele também registrou a colocação da concertina nos muros do Cemitério, mas sugeriu que sejam colocadas câmeras de vigilância, já que as imagens que são furtadas dos túmulos podem estar saindo pelos portões.

Geraldo José Prado (Coelho – PSD) divulgou que recorreu da decisão da impugnação de sua candidatura e está apto a concorrer a reeleição à Câmara Municipal. Na semana passada, ele se explicou que respondeu a um processo em 1997 e não houve a baixa. A notícia o pegou de surpresa, já que ele foi candidato nas Eleições de 2016, com todas as suas certidões apresentadas, foi diplomado, cumpriu seu mandato e agora concorre a reeleição, novamente com sua documentação em dia.

Quatro projetos na pauta

A pauta estava com quatro projetos, todos eles de adequações orçamentárias, nada que demandasse debates entre os legisladores. O primeiro, com pedido de votação em caráter de urgência, é uma abertura de crédito adicional diante de anulações no valor de R$1.110.000,00, readequando o Orçamento para o cumprimento de obrigações com o pagamento da folha mensal aos servidores até o fim do ano, de indenizações de férias aos funcionários que se aposentam e também a manutenção das atividades das secretarias, como abastecimento de veículos, pagamentos de tarifas e outros serviços.

Outros dois itens foram uma abertura de crédito adicional, inclusive diante de superávit, que regulariza os recursos repassados pela Secretaria de Estado de Educação e da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais que foram utilizados na compra de móveis e equipamento de informática para a Escola Municipal Professora Nilda Rabelo Reis – Caic e também na reforma da quadra poliesportiva no bairro Botafogo. Finalizado os convênios, para prestar contas, a Prefeitura precisa devolver R$136,88 e R$241,36 que sobraram.

O último projeto da pauta foi o recebimento de um recurso na ordem de R$403.937,92, que serão usados em ações e serviços de saúde à rede de Atenção Psicossocial (RAPS).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here