A 18ª rodada foi encerrada neste domingo (08). O encontro do final de semana foi marcado por jogos interessantes do ponto de vista técnico e ao mesmo tempo, jogos que demonstraram falhas coletivas e uma coisa acarretou a outra. Em relação aos movimentos do quebra-cabeça chamado Campeonato Brasileiro, o Palmeiras se mostrou menos abatido e talvez com um bom futuro pela frente, isso é importante para a competitividade da competição.

RESULTADOS DA 18ª RODADA

Os dois jogos que mais chamaram a atenção, foram protagonizados por Flamengo e Grêmio. Em Brasília, o rubro-negro ratificou sua qualidade ao bater um abatido Avaí. Em Belo Horizonte, jogando no estádio Independência, o Grêmio fez um sonoro 4 a 1 no Cruzeiro, além de escancarar os problemas externos da raposa e fazer o clima de tensão no vestiário só aumentar. O Cruzeiro parece sem sintonia.

Os outros jogos tiveram seus destaques. Os triunfos de Bahia e Palmeiras foram acachapantes. O Bahia visitou o Vasco e se deu bem, o time baiano venceu com autoridade e demonstrou que o Vasco precisa remar muito ainda. No jogo do Palmeiras, o Verdão visitou o Goiás. O grande destaque desta partida foi o ânimo do Palmeiras, agora com Mano Menezes, o time estava estagnado e possui algumas projeções positivas.

Alguns confrontos tiveram seus destaques por conta do enredo. Corinthians e Ceará certamente estão entre eles, o Timão fez um bom primeiro tempo, enquanto o Ceará foi superior na etapa complementar. O jogo foi marcado pelo seguinte ingrediente: falta de sustentabilidade nas estratégias do jogo e acabou que o empate foi o placar mais justo. O mesmo vale dizer para o confronto entre Santos e Athletico Paranaense, o Peixe foi inferior aos reservas do Furacão, o enredo do jogo caminhava para a vitória dos paranaenses, no entanto o time de Jorge Sampaoli conseguiu o empate. O Santos precisa de mais elenco e maior rigidez no seu jogo, o Furacão por sua vez, é competitivo e foca suas forças na Copa do Brasil.

Outras vitórias foram cruciais, ou melhor, precisas nesse momento. Entre as tais vitórias estão: os triunfos de Botafogo, Fluminense, CSA e Internacional. O Botafogo venceu o Galo sem muitas dificuldades, é bom pontuar que a expulsão de Igor Rabello prejudicou muito as ações do Atlético na partida, entretanto, o Botafogo foi merecedor, pois soube jogar com as armas que o jogo lhe proporcionou. O rival carioca, o Fluminense, venceu o bom Fortaleza por 1 a 0, gol de João Pedro, o Flu segue sendo um time promissor, porém, sem muita confiança e “laços”, não é time para estar onde se encontra, na zona de rebaixamento.

O Fortaleza mesmo sem Ceni, faz uma boa campanha, vale dizer que o atual técnico do Cruzeiro, era considerado uma espécie de alicerce para o clube. Outro jogo que chama a atenção é a vitória do CSA em cima da Chapecoense, não pelo bom resultado do time alagoano, mas pela fase vivida pela Chape. A Chapecoense deve brigar até as últimas instancias, ou melhor, rodadas, para sair dessa zona incômoda. Por fim, a vitória do Colorado, o jogo foi fraco e com um São Paulo mostrando mais uma vez suas fragilidades, o Inter por sua vez, tem seu pensamento voltado na final da Copa do Brasil, o time gaúcho segue sua sina de ir bem em casa e ser irregular fora do Beira-Rio.

A rodada mostrou que o Flamengo é sem dúvida, o time a ser batido e claro, o Palmeiras pelo plantel e por ter somente o torneio de pontos corridos para disputar, se credencia a ser o perseguidor do clube rubro-negro. Isto posto, o campeonato segue em aberto, porém, com um time querendo “fechá-lo”.

CLASSIFICAÇÃO

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here