Pessoas que trabalham por um ideal, que se dedicam a uma causa voluntária, sempre terão o apoio da Administração enquanto eu for prefeito, disse Paulo Luis Rabello (PPS) durante reunião com membros da direção da Casa de Recuperação para Dependentes Químicos Pietá. A Casa que auxilia na recuperação de dependentes químicos de álcool e drogas, está funcionando a quase seis anos no Vale do Sol, onde antigamente funcionava o Zoológico Municipal. O problema é que há um Decreto de Tombamento Histórico e Ambiental do local e de acordo com a Promotoria de Justiça, o funcionamento da Casa lá, acaba ferindo as questões ambientais.

Ela atende atualmente 9 acolhidos, que eles costumam chamar de filhos da Casa Pietá e sobrevive graças a ajuda da população. Não recebe subvenção e agora enfrenta o problema de ter que deixar o Vale do Sol a qualquer momento. Por isto, a reunião entre o prefeito Paulo Luis Rabello (PPS), e os membros voluntários da direção Gilmar Mendonça Mesquita e Marcelo de Paula Lopes, serviu para tentar colocar fim na demanda que começou na Administração anterior. Por causa da ação que está sendo movida na Justiça, eles precisam desocupar e o imóvel e tentam junto com o poder público  encontrar um novo local para que o atendimento, que o prefeito diz ser fundamental, continue sendo feito. A conversa no gabinete do Prefeito na manhã desta quinta-feira (28), foi bastante amistosa. Paulo Luis apresentou algumas alternativas e uma delas é que o município pretende ceder uma área para a Pietá, para que ela possa participar de uma licitação. Uma área que pertence a Prefeitura localizada próximo ao Frigorifico (Matadouro), na saída para Campos Gerais, será colocado a disposição para que alguma instituição, como a Pietá, construa alguma estrutura que acolha as pessoas que necessitam de tratamento. Pode ser até que a estrutura que foi construída fazer o abate de animais que está desativada possa ser administrada pela Pietá e o Frigorífico Municipal volte a funcionar, gerando receita à entidade. A contrapartida, é que a entidade estará ajudando socialmente, a Cidade e, principalmente às famílias que sofrem junto com os dependentes. “Estas pessoas além do acolhimento espiritual e médico necessitam de uma profissionalização e talvez este seja o caminho”, opinou.

Gilmar e Marcelo aprovaram a sugestão dada pelo Chefe do Executivo e vão colocar no papel o que eles pretendem, para em seguida os procedimentos para dar legalidade ao ato seja encaminhado à Câmara Municipal para análise dos vereadores. Eles acharam a proposta viável, vão precisar lutar mais uma vez, mas entendem que será algo definitivo para resolver o problema. A área do Vale do Sol é perfeita para os trabalhos, porém, estas pendências prejudicam e fazem os voluntários gastarem tempo, ao invés de cuidarem dos acolhidos.

Marcelo e Gilmar da Pietá se reuniram com o prefeito Paulo Luis que apresentou apoio a instituição
Marcelo e Gilmar da Pietá se reuniram com o prefeito Paulo Luis que apresentou apoio a instituição

A Casa Pietá sobrevive da ajuda da Comunidade, que reconhece o trabalho feito com os dependentes, com doações de alimentos, roupas e dinheiro. Alguns estabelecimentos comerciais fazem doações do que sobra, e estão em condições de serem consumidos, como verduras, frutas, legumes e pães. Quem também tira do bolso para ajudar são os próprios voluntários, que dedicam horas de seus dias para estender a mão. Algumas pessoas contribuem mensalmente através de um carnê com doações voluntárias. Não é nada que dê um volume bom de dinheiro, ou uma renda fixa, mas é fundamental para custear as despesas que são altas. A Casa Pietá mantém um funcionário que é registrado, e é preciso fazer ações para custear o salário e as despesas trabalhistas. Atualmente está sendo feito uma Ação Entre Amigos, em benefício da Casa Pietá, sorteando uma Smart TV 40 polegadas. Cada bilhete custa R$10. O sorteio será dia 20 de fevereiro, pela Loteria Federal.

Sobre o pagamento de subvenção, o prefeito disse que a Pietá não recebe como nunca recebeu no passado. Atualmente são poucas que recebem, por conta da falta de documentação que precisa ser regularizada ou por causa da situação financeira que o Município enfrenta. “Dentro do possível nós vamos ajudar, como auxiliamos a Vila Vicentina e a Santa Casa de Misericórdia. Precisamos inserir a Pietá”, acrescentou. Segundo Marcelo Lopes, em uma Audiência Pública foi feito um pedido aos vereadores de uma subvenção no valor de R$15 mil ao ano e a indicação foi repassada ao Poder Executivo, que dentro das possibilidades financeiras, que entende não ser fácil espera ser atendido.

COMPARTILHAR

9 Comentários

  1. ENTENDO A DIFICULDADE DA PIETA PORQUE NOS DO MÃO AMIGA TEMOS AS MESMAS DIFICULDADES.. HOJE TEMOS 35 HOMENS INTERNADOS E ESTAMOS LUTANDO PARA CONSEGUIR UM LOCAL PARA A CLINICA DE MULHERES POIS, ESTAMOS COM ALGUMAS MULHERES ESPERANDO ESTA CLINICA, POIS O PASTOR Ernandes Vitor Carvalho TEM COMO META SARA ESTA TERRA ATRAVES DA PALAVRA DE DEUS.

  2. A Pietá vem apresentando, ao longe desses anos, um trabalho excelente com resultados positivos, o que impulsiona a continuar, confirmando inclusive a fé de que em Deus tudo é realmente possível. A Instituição existe porque um grupo de pessoas se preocupou, trabalhou e perseverou. Fico muito feliz em saber que esforços estão sendo feitos para a continuidade dos trabalhos! Parabéns a todos!

  3. conhecendo as dificuldades do Mao Amiga,concordo tambem que realmente eles precisam de ajuda para continuar ajundando vidas com esse trabalho maravilhoso,estamos junto nessa guerra para sarar esta terra. #somosopovodacruz

  4. #SOMOSOPOVODACRUZ ESTAMOS JUNTOS Pois IREMOS SARAR ESTA TERRA ATRAVES DO EVANGELHO, ESTAMOS SONHANDO OS SONHOS DO PASTOR Ernandes Vitor Carvalho, ENTENDEMOS QUE O CENTRO DE RECUPERAÇAO MAO AMIGA, APESAR DAS DIFICULDADES E UMA DAS FONTES PARA SARAR ESTA TERRA POR FAVOR AJUDE-NOS

  5. As dificuldades de pessoas e instituições que hoje se preocupam com o próximo, como a Pietá e como a instituição Mão Amiga, a qual faço parte da diretoria, são grandes e fico feliz em saber que existem comércios e pessoas que hoje nos ajudam e agradecemos de todo coração e queria que segundo comentaram acima relatar também que estamos hoje com mais de 30 homens internados e com 6 mulheres aguardando a tão sonhada abertura da unidade feminina e pedimos ajuda para a realização desse sonho…#somosopovodacruz

  6. Entre o Discurso (do quase…) e a Prática desta administração tem um abismo ENORME! Vide programa de governo apresentado e o que está sendo feito. É preciso acompanhar de perto… como São Tomé!

  7. ta dificil mesmo senhor prefeito sabemos da sua difilcudades para nos do mao amiga que temos mais de 30 internos e mais de 30 recuperados estamos sempre com as portas fechadas . o senhor prometeu ajudar eu me lembro como se fosse hj isso ja ta fazendo 3 anos agora estamos empenhados em abrir uma clinica feminina estamos sendo barrados sem apoio somo povo senhor somos voto somos o povo da cruz que se preocupa com proximo ou sera porque somos uma clinica crista por isso nao temos apoio estou empenhado em colocar os testemunhos dos internos recuperados que sao pais de familia ,jovens . e senhores de idade

  8. Um apoio da Prefeitura é muito bem vindo, afinal a casa Pieta vem lutando pela recuperação dos dependentes químicos, á vários anos com ajuda de voluntários e parceiros da comunidade que contribuem com alimentos e verba. Seria uma perda pra cidade de Três Pontas a Casa Pieta se instalar em outro município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here