Fotos: Denis Pereira - Equipe Positiva

 

Cavaleiros e amazonas mantiveram neste domingo (15), uma tradição que já completa 10 anos e ganha novos participantes a cada vez que é realizada. É a Romaria dos Cavaleiros e Amazonas, que tem como destino a Capela Santa Cruz, do Padre Victor, na região rural da Faxina, em Três Pontas.

Gente apaixonada por cavalos, de diversas localidades rurais e várias cidades circunvizinhas vieram. Sebastião Lopes tem 52 anos e é encarregado de fazenda em Lavras. Participou pelo quinto ano e diz que tem uma devoção muito grande em Padre Victor. Os lavrenses vieram em três grupos de 40 pessoas no total. Saíram um dia antes as 5:00 da manhã, se hospedaram em uma chácara e estavam todos prontos na saída para a Capelinha do Padre Victor.

Alguns chegam sozinhos, em grupos ou em comitivas. Gente de todas as idades que arriam o cavalo, como o jovem Lucas Rosa de 23 anos. Parte da comitiva que ele integra, chamada Rédea Solta, fez novamente as orações a Padre Victor. Mantendo uma paixão por cavalos que vem de tradição da família, Lucas diz que participa da Romaria a Cavalo pela fé no Beato.

Na Praça da Matriz de Nossa Senhora Aparecida, o pároco padre André Rodrigues Vilas Boas deu as bênçãos nos participantes e nos animais antes da partida. Padre André Rodrigues, diz ser uma alegria muito grande ver a participação de tantos cavaleiros e amazonas, se preparando para a Festa do Beato, que demonstram a devoção e gostam de andar a cavalo. “Eles aproveitam estas duas oportunidades a fé e a diversão, para se encontrarem em torno de Deus para louvar e agradecer pelo querido Beato Padre Victor”, afirmou o sacerdote.

Escoltados pela Guarda Civil Municipal (GCM) e a Polícia Militar mais de 300 cavaleiros e amazonas fizeram o trajeto de todos os anos. Pegaram a Rua Cônego José Maria e depois a Avenida Ipiranga, até a saída da cidade em direção a Capela que fica a sete quilômetros.

O trecho percorrido terminou as 9:15 diante da imagem do Padre Victor, onde foi celebrada missa ao ar livre, embaixo de uma tenda montada ao lado da igreja. O sacerdote que venceu inúmeros desafios da época e está em processo de beatificação no Vaticano desde 1998, passava pela localidade e parava neste local para fazer suas orações.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here