Casa onde amigos e familiares comemoravam aniversário e foram surpreendidos pelos bandidos armados e encapuzados

 

O fim de semana de 17 pessoas que foram para uma propriedade, na zona rural de Três Pontas, comemorar um aniversário, terminou de forma assustadora. É que a fazenda que eles estavam foi invadida por pelo menos cinco bandidos, que roubaram tudo o que conseguiram.

O grupo de amigos foi na tarde de sábado (25), para a fazenda que fica entre os distritos do Quilombo Nossa Senhora do Rosário e o Pontalete. A comemoração de aniversário terminou por volta das 4:00 da manhã. Dois rapazes estavam dormindo em um veículo, do lado de fora da casa, na manhã deste domingo, por volta de 8:30, quando foram acordados por cinco homens encapuzados, todos eles armados com revólveres, batendo no vidro do carro e anunciaram o assalto. Eles determinaram que eles entregassem os telefones celulares.

Banheiro onde os homens foram trancados durante o assalto

Apontando a arma em direção as vítimas, os bandidos determinaram que eles entrassem na casa. No caminho, um dos assaltantes deu um tiro para o alto, para intimidar as pessoas.

Eles acordaram todo mundo que estava dentro da casa, trancaram os homens no banheiro e as mulheres em um dos quartos, pegaram os chips dos celulares, quebraram e devolveram os telefones.

Um dos criminosos foi até a residência do caseiro e em um barracão, onde pegaram dois televisores, dois tratores (marca Valmet 685 e 785 de cor amarela), joias, duas caixas de som, notebook, capacete, mochila, blusa de frio, bomba de herbicida, R$ 340 em dinheiro e um veículo Fiat Uno placas DBW 9521 de Três Pontas.

Depois de pegar o que queriam, os assaltantes disseram que iriam liberar as vítimas, mas demoraram para irem embora. Eles chegaram na fazenda as 8:30 da manhã e só fugiram por volta das 13:00 horas. Ninguém se feriu, mas a todo momento eles apontavam as armas na direção das vítimas.

A Polícia Militar foi chamada e foi até o local levantar informações, comunicou o assalto as cidades vizinhas e faz rastreamento atrás dos criminosos, porém ninguém foi preso. De acordo com o Tenente Monteiro a região é bastante tranquila e não é comum este tipo de crime. A PM já tem a rota de fuga usada pelos criminosos e orienta as pessoas que virem alguém transportando tratores, principalmente a noite, que denuncie ou que estejam vendendo o maquinário. Não é preciso se identificar.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here